Defesa Civil passa Cabo Frio para Estado de Atenção e monitora chuvas no município

Distrito de Tamoios foi o mais atingido, até o momento, com 147 mm e 11 pontos de alagamentos

A Prefeitura, por meio da Superintendência de Defesa Civil, colocou Cabo Frio em “Estado de Atenção”, pelas próximas 24 horas, devido ao volume de chuva registrado em Tamoios. A precipitação pluviométrica captada no distrito foi de 147,7 mm, enquanto, em Cabo Frio, foram 15,4 mm. Aquarius foi o bairro mais afetado até o momento. Ao todo, foram registrados 11 pontos de alagamentos. Não há registro de desabrigados ou desalojados.

A equipe da Defesa Civil Municipal segue em Tamoios monitorando o cenário. Além dos alagamentos em Tamoios, até o momento, foram registrados no município três ocorrências de queda de árvore no Portinho, Jardim Flamboyant e Jardim Excelsior. A Comsercaf, autarquia de serviços de limpeza e iluminação, foi acionada para realizar a retirada dos galhos.

Segundo o superintendente de Defesa Civil, Marcus Dothavio, o Plano de Contingência Emergencial foi acionado para atender a população, em caso de necessidade.

“Estamos monitorando a situação em Tamoios. Tivemos diversos pontos de alagamentos registrados em ruas, como na Avenida Independência. Solicitamos à população que fique em alerta. Caso a pessoa esteja em área de risco, que deixe o local, enquanto a chuva persistir. E, em caso de emergência, acione a Defesa Civil pelo número (22) 2647-0199 ou 199. O Corpo de Bombeiros também pode ser acionado pelo 193”, finaliza Dothavio.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005