Festival Internacional de Dança começa nesta sexta-feira (9), em Cabo Frio

Evento segue até domingo (11) e faz parte do calendário de eventos do município, contando com o apoio da Prefeitura

O XVI Festival Internacional de Dança de Cabo Frio começa nesta sexta-feira (9), em Cabo Frio, retornando às atividades após dois anos sem ser realizado. Considerado um dos maiores festivais de dança do interior do Estado do Rio de Janeiro, o festival acontece também no sábado (10) e no domingo (11), na Associação Atlética Cabofriense. O evento faz parte do calendário de eventos do município e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Cabo Frio.

Bailarinos do Brasil e de diversos países vizinhos já confirmaram presença. A previsão dos organizadores é que a edição reúna cerca de 1.500 participantes, que irão se apresentar na mostra competitiva, nas modalidades clássico de repertório; ballet clássico; estilo livre; dança contemporânea; danças urbanas e jazz.

Nesta edição, são esperados competidores dos estados de Goiás; Paraná; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; São Paulo; Minas Gerais e Espírito Santo, além de bailarinos de 15 municípios do Estado do Rio de Janeiro. Equipes da Argentina, Paraguai, Moçambique e Guiné Bissau também participarão do festival.

As competições serão divididas em apresentações solo; dupla; trio e conjunto, nas categorias infantil (9 a 11 anos); juvenil (12 a 14 anos); sênior (15 a 17 anos) e avançado (18 a 26 anos). Os melhores em cada categoria receberão premiação em dinheiro.

Como nas edições anteriores, grandes nomes da dança estarão na banca de jurados. Para este ano, quatro profissionais já confirmaram presença, como o diretor artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Jorge Teixeira; o coreógrafo de Danças Urbanas Filipe Ursão; o diretor da Focus Cia de Dança Contemporânea, Alex Neoral; e o bailarino Rafael Gomes.

A mostra competitiva é só um pilar do festival, que traz muita versatilidade, cultura e entretenimento para Cabo Frio. O corpo de jurados, composto pelos mais renomados profissionais da dança, irá oferecer uma série de cursos e workshops durante o festival.

Outra aposta durante os dias do evento é o Projeto Escola, que reunirá grupos de dança das escolas da rede municipal e de jovens atendidos pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do município.

Criado em 2005 pela bailarina e empresária Márcia Sampaio, o evento já reuniu mais de 20 mil bailarinos de diversas nacionalidades.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005