Gestantes de Cabo Frio visitam Hospital Municipal da Mulher

Visita guiada está disponível para as gestantes que fazem pré-natal e são atendidas pela rede cabo-friense

As gestantes de Cabo Frio que estão sendo acompanhadas na rede municipal e fazem pré-natal no município podem conhecer o Hospital Municipal da Mulher em uma visita guiada. O projeto de vinculação das gestantes com a maternidade abre as portas da unidade referência no cuidado materno-infantil na cidade. Para se cadastrar e conhecer a unidade, as grávidas precisam ter, no mínimo, 28 semanas de gestação. O cadastro prévio para a visita pode ser realizado na unidades de origem, onde a mãe realiza as consultas de pré-natal.

O projeto de vinculação de gestante com a maternidade foi iniciado no município de Cabo Frio e é uma iniciativa contínua. Para facilitar a marcação, uma planilha on-line fica disposta nas unidades, com antecedência de 30 dias, para a marcação de acordo com a escolha das gestantes. Para o preenchimento completo, e correto, a gestante deverá informar dados como unidade de origem, nome completo, data de nascimento, idade gestacional e contato telefônico. As visitas guiadas acontecem às terças e quintas-feiras, nos turnos da manhã e tarde. Em cada período, são permitidas, no máximo, dez gestantes.

“A vinculação da gestante com a maternidade na qual vai parir proporciona que ela conheça os profissionais e o serviço, como também garante o direito ao atendimento na gravidez, no parto e pós-parto. É direito da gestante conhecer e estabelecer vínculo antecipado com a maternidade na qual receberá assistência no âmbito do SUS. Nosso propósito é oferecer uma assistência mais qualificada e humanizada à gestante durante o período gravídico puerperal”, disse a coordenadora da Rede Cegonha, Cristiane Sampaio.

Durante a visita guiada, a enfermeira responsável pela visitação abordará temas como “O que trazer para a maternidade?”, “Quando vir para a maternidade?”, “Direitos da gestante”, “Rotina hospitalar”, “Cuidados com o recém-nascido” e “Importância do aleitamento materno”. O início da visita é no setor de acolhimento e classificação de risco, onde são ofertadas as orientações pertinentes ao funcionamento da admissão e atendimento inicial da maternidade. Em seguida, as futuras mães são encaminhadas para as enfermarias, para conhecer o fluxo estabelecido na unidade, visto que as gestantes só serão encaminhadas para o centro obstétrico, na fase ativa do trabalho de parto.

A visita também compreende a ida ao centro obstétrico (pré-parto), onde as gestantes conhecem o setor e recebem informações sobre fases do trabalho de parto e uso de tecnologias invasivas, como a bola suíça, cavalinho, banho morno, banqueta, aromaterapia e musicoterapia. De forma externa, as visitantes também serão informadas sobre a localização do centro cirúrgico e da unidade intermediária neonatal.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005