Hospital do Jardim Esperança faz campanha para doação de sangue

O Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos em parceria com o Hemolagos e com a Secretaria de Cultura, promove uma ação de doação de sangue nesta segunda-feira (28). A campanha, denominada “Um doador de sangue salvou a minha vida” vai acontecer uma vez por mês durante um período de seis meses. Participam da primeira edição da campanha 40 voluntários, selecionados em cadastramento feito pela unidade. A saída dos doadores está marcada para as 9h e o ponto de encontro é no próprio hospital.


SAIBA MAIS 

Posto de Saúde de Unamar recebe melhorias

Feriadão antecipa final da campanha de vacinação contra a gripe

Ciclo de palestras encerra programação do Dia Nacional de Luta Antimanicomial

De acordo com o diretor administrativo do Hospital, Fabiano Ramiro, a campanha é fundamental para a cidade de Cabo Frio.  “Com o projeto Tenda da Saúde, que temos realizado, vimos o interesse das pessoas em ajudar doando sangue. Por esse motivo resolvemos fazer essa parceria com o Hemolagos para todos serem beneficiados. Os doadores não ficarão em filas, não pegarão ônibus já que teremos um meio de transporte da Secretaria de Cultura para levar os doadores até a sede do Hemolagos. Todos esses fatores desanimavam os voluntários para doarem, mas essa novidade será um incentivo para eles”, afirmou Fabiano.

Para Marcelo Padilha, diretor médico do Hospital do Jardim Esperança, um dos objetivos é o de criar o hábito da doação nos cidadãos atendidos pela unidade.

“Doar sangue é um ato de solidariedade. É um ato voluntário aonde apenas 450 ml podem ajudar a salvar as vidas de quatro pessoas. A transfusão de sangue ajuda a restabelecer o transporte de oxigênio pelo organismo, função vital que fica comprometida em pacientes vítimas de acidentes, em pacientes com câncer, pacientes com anemia, distúrbios de coagulação e muitos outros. Infelizmente ainda existem muitos mitos em relação ao processo de doação, o que resulta em estoques baixos em nossos bancos de sangue. Ao contrário do que se diz, é um processo fácil, rápido e seguro. Assim, ajudamos a aumentar o estoque de sangue momentaneamente. Desde já agradeço a todos que venham participar deste projeto”, analisou o médico.

Steffani Cristina Silva de Jesus, de 19 anos, é uma das voluntárias do projeto. Ela se diz muito animada com a ação do Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos e explicou sua motivação pessoal para participar pela primeira vez como doadora.

“Doar sangue é um ato de amor, de preocupação para com o próximo. A Bíblia diz que Jesus derramou seu sangue para nos salvar. Acredito que em nossas vidas temos a missão de ajudar a quem precisa. Como o nome do projeto já diz, doando sangue, posso salvar uma vida. É um gesto que pode parecer pequeno e simples, mas que pra mim, representa muito”, explicou Steffani.

Para as pessoas que quiserem participar da segunda edição da campanha “Um doador de sangue salvou a minha vida”, marcada para o final de junho, o procedimento é simples: basta ir ao Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos e se cadastrar na direção administrativa. Para tanto, é preciso apresentar um documento de identificação.

Saiba quem pode doar sangue:

A pessoa precisa ter entre 16 e 69 anos de idade.

A primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos.

Menores de 18 anos só podem doar com a autorização dos responsáveis.

Caso o voluntário tenha almoçado, o procedimento deve ser feito após três horas.

Caso o doador seja frequente, não pode deixar de obedecer ao intervalo para doação, que deve ser de dois em dois meses para homens e de três em três meses para mulheres.

O voluntário deve apresentar um documento original com foto, preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida, passará por triagem para examinar sinais vitais como pressão, pulso e temperatura.

O Hemolagos fica localizado na Rua Barão do Rio Branco, 88, na Passagem. Funciona das 8h às 13h. O telefone para contato é (22) 2644-5076.

Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: