Jornada de Integração Cabo Frio – África tem semana de atividades com apresentações e palestras

Programação contou com atividades de cunho cultural e educacional

A palestra “Diálogo entre cultura popular e desenvolvimento local”, nesta quarta-feira (30), fez parte de mais uma semana de atividades da Jornada de Integração Cabo Frio – África. Oficialmente aberta no dia 24 de maio, a programação segue até o dia 17 de julho.

O objetivo é estabelecer políticas públicas municipais voltadas para a promoção da igualdade racial, através da troca de experiências entre o município e os países africanos de Angola e Cabo Verde.

Nesta semana as atividades culturais ocorreram de forma virtual, com transmissão nas redes sociais da Prefeitura de Cabo Frio. A programação teve início com uma apresentação do Coletivo Omo Odé, que atua na preservação das tradições do jongo, maculelê, samba de roda e coco de roda. Em pouco mais de 10 minutos de vídeo, a atividade apresentou a beleza dos trajes, das canções e de parte da cultura e religiosidade de matriz africana.

O público também pôde assistir às palestras “Encontro sobre teatro, literatura e cidadania: Contexto das comunidades dos países de Língua Portuguesa”; “Teixeira e Sousa – Um escritor cabo-friense com sentido ético de seu tempo” e “Diálogo entre cultura popular e desenvolvimento local”, que reuniram cerca de 800 participantes.

Uma parte significativa do público foi composta por servidores da rede municipal de Educação de Cabo Frio. Isso porque, além da importância do tema, aqueles que assistiram aos vídeos e assinaram presença, receberam certificação por meio da Coordenadoria de Formação Continuada da Secretaria Municipal de Educação.

A coordenadora de Formação Continuada, Débora Ribeiro, considera associar painéis e palestras da jornada às atividades da Formação Continuada um ganho pedagógico significativo para os professores da rede municipal de ensino.

“As apresentações têm sido de uma riqueza cultural ímpar e, certamente, ampliarão possibilidades de trabalho dos professores com seus alunos, não só em função de temas, mas por trazerem importantes reflexões sobre ações voltadas para a promoção da igualdade racial e diversidade cultural. Tenho observado uma boa adesão dos professores”, comentou.

Ela enfatiza, ainda, que não é necessário fazer inscrição, mas para que seja viabilizada a certificação para os profissionais que atuam na rede, eles precisam preencher o formulário de presença disponibilizado nos comentários durante cada live.

O material completo desta semana da Jornada está disponível para acesso no YouTube e na página oficial do Facebook da Prefeitura de Cabo Frio (https://www.facebook.com/PrefeituradeCaboFrio)

A próxima atividade da Jornada de Integração Cabo Frio – África vai acontecer nesta quinta-feira (1): uma audiência pública com a Comissão Permanente da Lei Federal Nº 10.639/03, que será transmitida também pelo Facebook da Prefeitura de Cabo Frio.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.