Palácio das Águias será entregue à Prefeitura de Cabo Frio na próxima sexta-feira (11)

Obras de restauração começaram em janeiro de 2022 e foram custeadas pelo Banco Itaú

Como parte da celebração dos 407 anos de fundação da cidade de Cabo Frio, as históricas portas e janelas do Palácio das Águias serão finalmente reabertas. Em uma cerimônia na próxima sexta-feira (11), às 16h, o prédio, situado na Rua Érico Coelho, será entregue à Prefeitura pelo Banco Itaú, que custeou integralmente as obras de restauro.

A intervenção foi realizada pelo Estúdio Sarasá, que é reconhecido em todo o Brasil por obras de conservação e restauração de monumentos históricos. No portfólio da empresa consta o restauro de prédios como o Teatro Municipal e o Museu do Ipiranga, em São Paulo, e dos vitrais da Catedral de Brasília.

O Palácio das Águias foi construído no final do século XIX e é conhecido por esse nome por ter, em sua parte superior, três estátuas de águias que foram trazidas da França na época da construção. Além dos ornamentos, a parte frontal é constituída por três janelas e portas, e um sobrado de metal. Sua fachada tem traços de arquitetura da época do Romantismo, de influência europeia.

O local também é conhecido como “Sobrado do Tutu”, apelido dado a seu primeiro proprietário, Tertuliano Ferreira. A construção foi tombada pelo Inepac em 12 de junho de 1989, após um requerimento realizado por uma Comissão Pró-Conservação do local, que obteve mais de três mil assinaturas. Na época, o documento foi recebido pelo governador Moreira Franco, que publicou o ato de tombamento.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005