Parceria entre Prefeitura e ‘Seja Digital’ irá levar kits de TV Digital à população de baixa renda

Uma parceria entre a Prefeitura de Cabo Frio e a ‘Seja Digital’, entidade responsável pela migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil, irá proporcionar a distribuição gratuita de kits conversor para a população de baixa renda da cidade. Os kits com antena e conversor serão distribuídos para beneficiários de programas sociais como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Tarifa Social, entre outros.

SAIBA
MAIS:

Prefeitura
e banco Santander iniciam transição de contas dos servidores

Cabo
Frio institui o dia 9 de julho para homenagear Sebastião Lan

Prefeitura
começa a transmitir licitações ao vivo na internet


A primeira conversa entre o governo municipal e os representantes da ‘Seja Digital’ foi nesta sexta-feira (15) no gabinete do prefeito em exercício, Aquiles Barreto. O cronograma de ações terá início na próxima semana, após a assinatura de um Termo de Cooperação. Segundo o calendário da Seja Digital o sinal analógico de TV será desligado em Cabo Frio no dia 28 de novembro. Após esta data será necessário ter aparelho de TV Digital ou kit de conversão (como os que serão distribuídos pela ‘Seja’) para sintonizar os canais de TV aberta.


Entre as ações promovidas pela parceria estarão eventos para esclarecimento e sensibilização local sobre a campanha, além de  agendamento da distribuição do kit da população beneficiária. Por parte da Prefeitura, estiveram presentes representantes das secretarias de Assistência Social, Educação e Cultura e da coordenadoria de Comunicação.


A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos, criada por determinação da Anatel, e é responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Sua missão é garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits gratuitos de conversão do sinal digital de TV para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal.


A televisão brasileira está passando por uma grande evolução. Até dezembro de 2018, mais de 1300 cidades do Brasil terão o sinal analógico de TV desligado. Todos os canais abertos de televisão destas cidades passarão a transmitir a sua programação apenas pelo sinal digital, que tem como vantagens:


Imagem e som de cinema;

Mobilidade e portabilidade;

Interatividade: menu de programação, jogos, venda, info;

Acessibilidade e inclusão: libras TV + audiodescrição


Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: