Posturas e Comsercaf flagram descarte irregular de lixo eletrônico

Agentes da coordenadoria de Posturas em conjunto com a Comsercaf recolheram cerca de 200 quilos de lixo eletrônico, composto de restos de televisores, aparelhos de som, computadores  e outros dispositivos, despejados na área situada atrás do CIEP, do bairro Jardim Esperança.

SAIBA
MAIS:

ENTREVISTA
| Eduardo Pimenta – Coordenador de Meio Ambiente da Prefeitura de Cabo Frio

Cabo
Frio celebra a Semana do Meio Ambiente de 6 a 10 de junho

Casa do
Empreendedor oferece diversos serviços para pessoas jurídicas


No momento da chegada da equipe da Prefeitura, a pessoa que despejou o material percebeu e fugiu do local.  Vale ressaltar que a mesma pessoa já havia sido instruída a não proceder com o descarte em flagrante anterior, o que configura reincidência.  O responsável pelo descarte já foi identificado pelos agentes.


O secretário de Desenvolvimento da Cidade, Cláudio Bastos, alerta para esse tipo de situação que coloca em perigo toda a população.


“Ao descartar lixo eletrônico, a pessoa não está jogando apenas plástico e vidro em local indevido.  Os aparelhos contêm metais pesados que contaminam o solo e as pessoas, causando doenças crônicas. Lembro que no Horto Municipal há um recipiente para o descarte de lixo eletrônico, de onde é levado para o local adequado”, informou.


O descarte de lixo eletrônico em local inadequado pode gerar desde autuações até outras punições mais rígidas de acordo com o Código de Posturas do Município.


Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005