Prefeitura de Cabo Frio aumenta em 40% o número de Agentes Comunitários de Saúde

Profissionais que fazem parte das equipes de Saúde da Família são essenciais para o acompanhamento dos pacientes nas residências

Prevenir doenças e promover a saúde, integrando os serviços oferecidos na Atenção Básica com a comunidade: esse é o papel do Agente Comunitário de Saúde (ACS), parte integrante da equipe da Saúde da Família. De janeiro até agora, a Prefeitura de Cabo Frio aumentou em 40% o número desses profissionais, ampliando o atendimento à população.

De acordo com a Secretaria de Saúde, atualmente o município conta com 217 agentes de saúde. Eles têm um papel fundamental no acolhimento do paciente pois são membros da comunidade onde atuam, o que permite a criação de vínculos, facilitando a continuidade ao tratamento e acompanhamento da saúde da família.

“As atividades desempenhadas por esses profissionais fora das unidades de saúde permitem um cuidado mais humano e acolhedor, o que é fundamental para ampliarmos o acesso da população aos serviços de saúde”, afirma Érika Borges, secretária adjunta da Vigilância em Saúde e Atenção Primária

CABO FRIO CAPACITA AGENTES COMUNITÁRIOS

Em junho deste ano, a Secretaria de Saúde capacitou os novos Agentes Comunitários de Saúde. De acordo com a Secretaria de Saúde, quanto mais efetivo o atendimento na Atenção Básica, melhores são os indicadores, qualidade e a resolutividade dos serviços de saúde na cidade.

Essa é a premissa do governo municipal, que desde o início do ano está investindo no atendimento e na qualificação das equipes das Unidades Básicas de Saúde e Estratégia Saúde da Família.

Com o curso, eles estão capacitados, por exemplo, para realização de diagnóstico demográfico e sociocultural, para o detalhamento das visitas domiciliares de acolhimento e acompanhamento e para coleta e registro para controle, além do planejamento das ações em saúde e mobilização da comunidade.

“Durante muitos anos os agentes não foram vistos nem valorizados pela Prefeitura. Nossa gestão quer mudar isso. Estamos com projetos para estruturar essa categoria. Entendemos que os agentes são instrumentos essenciais para a saúde pública de Cabo Frio. Valorizamos a atuação e a dedicação de cada profissional com os pacientes”, disse Felipe Fernandes, secretário de Saúde.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.