Prefeitura de Cabo Frio promove formação “Educação Para o Patrimônio Cultural”

Atividade aconteceu no auditório da Escola Municipal Maestro Rui Capdeville

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Educação e do Instituto Municipal do Patrimônio Cultural (Imupac), promoveu na última semana, a formação “Educação Para o Patrimônio Cultural”. As atividades foram realizadas pelas Coordenadorias de Formação Continuada e de Projetos e Programas Especiais, em conjunto com o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac).

A formação foi composta por dois encontros realizados na quarta (21) e quinta-feira (22), no auditório da Escola Municipal Maestro Rui Capdeville, para professores da Rede Municipal de Ensino de Cabo Frio e das escolas privadas de Educação Infantil.

A ação é uma iniciativa que visa a ampliar o acesso da população fluminense ao conhecimento do que é o Patrimônio Cultural, sua importância, seu valor e significado, buscando despertar a consciência da necessidade de preservação do patrimônio tangível, natural e intangível.

Na ocasião também foram descritos os bens tombados pelo Inepac em Cabo Frio, como a Casa de Cultura José de Dome (Charitas); as dunas do Parque das Dunas, na área do Foguete; o Palácio das Águias e a Fazenda Campos Novos, em Tamoios.

“Precisamos destacar a importância que o governo tem dado às ações voltadas para o tema patrimônio cultural, porque a cidade estava carente disso. Um momento em que a gente acaba absorvendo conteúdo teórico e prático como aconteceu na Oficina de Zeladoria, no Encontro Viagens Históricas e agora com essa formação. Tudo isso vai deixar um legado para que a gente possa manter essa militância e vigilância para o dia que não estivermos mais aqui”, afirmou o diretor do Imupac, Wilson Miranda Júnior.

As atividades foram realizadas pelo historiador e diretor do Departamento de Pesquisa e Documentação do Inepac, Leonardo Alves; pela geocientista e diretora do Departamento de Patrimônio Natural de Georreferenciamento do Inepac, Anna Letícia Espindola; pelo historiador e assistente do Departamento de Patrimônio Imaterial, Bruno Barcelos; pela museóloga e diretora do Departamento de Bens Móveis e Integrados do Inepac, Marcella Coelho; e pela arquiteta e Chefe do Escritório Técnico Regional do Inepac nas Baixadas Litorâneas, Mariana Rocha.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005