Prefeitura e MPF fazem vistoria em barracas e quiosques da Praia do Forte


Objetivo é fiscalizar o recolhimento do lixo produzido

Agentes das Secretarias de Meio Ambiente, Ordem Pública, Coordenadoria de Posturas e Comsercaf acompanharam, na tarde desta sexta-feira (15), uma vistoria realizada pelo Ministério Público Federal (MPF) na Praia do Forte. O objetivo foi fiscalizar o cumprimento do acordo firmado com os proprietários de barracas, quiosques e ambulantes para o recolhimento do lixo produzido.

Seguindo as diretrizes do Projeto Praia Limpa, desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Cabo Frio, ficou determinado que os comerciantes têm que manter pelo menos uma lixeira grande nos quiosques e barracas, além de cestos de lixo pequenos em cada uma das mesas colocadas na areia. Já os ambulantes ficariam responsáveis pelo recolhimento do lixo produzido pelos produtos comercializados.

A vistoria contou com a presença do Procurador da República, Leandro Mitidieri, e agentes das pastas envolvidas no projeto. Durantes a ação, 45 comerciantes foram abordados. Destes, 28 foram notificados.

“O Projeto Praia Limpa, do Ministério Público Federal, vem ao encontro dos nossos objetivos ambientais para todas as praias de Cabo Frio. Nós participamos de algumas reuniões, tanto com os comerciantes quanto com o procurador da República, Leandro Mitidieri, e enquanto representantes do poder público, junto com a Secretaria de Ordem Pública, a Coordenadoria de Posturas e a Comsercaf, vamos desempenhar o papel que nos cabe dentro do Projeto. Tudo aquilo que estiver sendo feito para o benefício meio ambiente de Cabo Frio nos diz respeito e estaremos sempre apoiando”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira.

Comentários Facebook

DestaqueMeio AmbienteNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE