Prefeitura promove reunião sobre a nova concessão do Aeroporto Internacional de Cabo Frio

Objetivo foi tirar dúvidas de representantes dos setores turístico e comercial a respeito dos investimentos previstos para os próximos anos

A Prefeitura de Cabo Frio promoveu, nesta quarta-feira (25), mais uma reunião sobre a nova concessão do Aeroporto Internacional. Na ocasião, representantes do Governo Municipal receberam perguntas e tiraram dúvidas de representantes dos setores de turismo e comércio do município.

O encontro teve a participação do prefeito José Bonifácio, do presidente da Comissão de Concessão do Aeroporto, Telson Barros, e da Comissão Especial de Licitação, Guilherme de Mello.

Durante a reunião, membros da sociedade civil e do segmento empresarial deram opiniões e fizeram perguntas. Entre eles estavam a presidente do Cabo Frio Convention & Visitors Bureau, Maria Inês Oliveros, o presidente da Associação de Hotéis, Carlos Cunha, e o empresário Rodrigo Abreu, entre outros.

Segundo o prefeito José Bonifácio, foi uma ótima oportunidade para ouvir a opinião dos interessados sobre o edital que vai estabelecer a nova concessionária do Aeroporto.

“Temos todo o interesse de aproveitar esse momento para fomentar a aviação comercial e o turismo através do Aeroporto. Ouvimos atentamente as sugestões e os tópicos abordados serão considerados para a definição das regras”, disse o prefeito após o encontro.

O presidente da Comissão de Concessão do Aeroporto declarou que o edital foi elaborado a partir de estudos técnicos e que todo o processo foi feito conforme as normas do setor.

“Foram quatro meses de muito trabalho para a elaboração desse edital. Todas as definições e justificativas estão disponíveis no Portal da Transparência. Estamos empenhados em proporcionar as diversas melhorias necessárias para o Aeroporto de Cabo Frio”, afirmou Telson Barros.

Essa foi a segunda reunião aberta sobre o tema. A primeira audiência pública foi realizada no dia 30 de novembro.

Pelas regras do leilão, será vencedora a empresa que oferecer o maior valor de Outorga, com mínimo estipulado a partir de R$ 11 milhões, além de arcar com os investimentos na ordem de R$ 143 milhões que serão aplicados no Terminal de Passageiros e na infraestrutura geral, como obras na pista, torre de controle e melhorias na rodovia de acesso ao aeroporto.

O cronograma estabelece o investimento de R$ 43 milhões no Terminal de Passageiros, de uso exclusivo da aviação civil, já em 2024, elevando a dimensão da estrutura dos atuais 1.740 metros quadrados para 6.300 metros quadrados. A segunda fase da ampliação está prevista para 2028, com investimento de mais R$ 15 milhões, quando o Terminal chegará a 8.000 metros quadrados. Sendo assim, o valor total aplicado será de R$ 58 milhões nos cinco primeiros anos. A nova concessão vai até 2049.

Atualmente, 77% das receitas geradas com o Aeroporto de Cabo Frio são provenientes dos voos relacionados à indústria petrolífera. Com os investimentos no Terminal de Passageiros e as melhorias para a aviação civil, a ideia é equilibrar a balança.

O Aeroporto Internacional de Cabo Frio foi inaugurado em 1998 e concedido para gestão da iniciativa privada em 2001. Tem a segunda maior pista de pouso do Estado do Rio, atrás apenas do Galeão, é o maior aeroporto do interior do Estado e atua como ‘hub’ logístico para cargas destinadas à indústria petrolífera.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005