Rede de enfrentamento à violência contra a mulher, de Cabo Frio, recebe curso de capacitação do Cedim/RJ

Formação também foi aberta para outras cinco cidades da Região dos Lagos

A rede de enfrentamento à violência contra a mulher de Cabo Frio e de outras cinco cidades da Região dos Lagos participou nesta quarta (7), do encerramento de uma capacitação promovida pelo Conselho Estadual de Direito da Mulher (Cedim/RJ). O objetivo dos encontros foi a criação e/ou fortalecimento da rede de combate à violência sexual na região da Baixada Litorânea.

Da rede de Cabo Frio participaram equipes do Centro Especializados de Atendimento à Mulher (Ceam); Hospital da Mulher; as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do primeiro e do segundo distrito; o serviço social da saúde, e a saúde mental.

Ainda participaram funcionários da Superintendência para a Pessoa com Deficiência; Conselho Tutelar; Centro Especializado em Assistência Social (Creas); Centro de Referência em Assistência Social (Cras); Vigilância em Saúde e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim).

“Cabo Frio, a política que trata da violação de direitos da mulher, foi presenteada com o curso. Na aula de encerramento, as avaliações emocionaram com falas das técnicas destacando um novo olhar, uma nova forma de acolher, o despertar do ativismo para a luta na melhoria da atenção à saúde da mulher. Também foi destaque a oportunidade no intercâmbio de experiências e o quanto os novos conhecimentos já estão contribuindo para a qualidade do serviço e para a rede de atendimento. Este é um projeto-piloto que vai replicar em todo o Estado do Rio pelo Cedim. Nos orgulhamos de ter participado como parceira”, comemorou a superintendente dos Direitos da Mulher da Assistência Social de Cabo Frio, Tânia Lopes.

Também foram disponibilizadas vagas para as cidades de São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios, Araruama, Arraial do Cabo e Saquarema. A formação foi ministrada pelas professoras Marileia Bezerra e Elizete Lopes da Silva, ambas com formação em mestrado e experiência na temática proposta.

A atividade integra um conjunto de ações desenvolvidas pelo Cedim/RJ, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) para serem implementadas em todo o estado por meio do programa Mulher + Segura. Um dos vieses, se refere à temática dos direitos sexuais e reprodutivo.

De acordo com os organizadores, as “iniciativas devam ser contínuas, dada as frequentes mudanças nos quadros de funcionários (as), como também a importante e fundamental formação continuada das temáticas com a perspectiva de gênero. Somado a atual conjuntura política, que aponta para retrocessos significativos nas conquistas obtidas ao longo dos últimos 30 anos, após a promulgação da Constituição Federal de 1988”.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005