‘Religiosidade no Brasil’ e ‘Racismo e Preconceito’ são temas do projeto “Resenha Cultural”

Nesta terça (22) e quinta-feira (24) a Casa de Cultura José de Dome vai receber o projeto “Resenha Cultural”. A programação acontecerá em dois horários, das 9h às 12h, e das 14h às 17h. As palestras são voltadas para estudantes do ensino médio de escolas públicas municipais, estaduais e federais, com agendamento prévio.


SAIBA
MAIS:

“DraMARTizando”
encanta o público do museu

Teatro
Municipal apresenta o espetáculo “Por Detrás do Silêncio”

Cultura
inaugura “Museu Humanidades” nesta sexta


O tema da terça-feira será ‘Religiosidade no Brasil’ e na quarta ‘Racismo e Preconceito’. Durante as palestras os alunos aprendem e também compartilham conhecimento por meio das discussões e debates. É a oportunidade de ter uma aula diferente fora das quatro paredes da escola. As aulas externas são ministradas pelo professor e coordenador do curso de História da Universidade Estácio de Sá, Paulo Cotias.

Resenha Cultural é um projeto da Secretaria Municipal de Cultura. Foi lançado em março e desde então já atendeu mais de 100 alunos. Já foram discutidos temas como ‘Vida Privada: Costumes e Hábitos na História do Brasil’, ‘As revoluções que mudaram o mundo’, ‘As resoluções que mudaram o mundo’, ‘O Islã e a Geopolítica Contemporânea’, ‘Os Estados Unidos e as Américas’, ‘História da Sexualidade’ e ‘Pensamento Político Brasileiro’.

As escolas interessadas em participar devem se inscrever através do site www.resenhaculturalcf.blogspot.com ou no Charitas, na Avenida Assunção, 855, Centro de Cabo Frio.


Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005