Roda de conversa, em Cabo Frio, vai abordar a saúde da mulher no Outubro Rosa

Debate acontece nesta quinta (6), às 9h, na sede da Assistência Social, no Jardim Esperança

A Prefeitura de Cabo Frio promove nesta quinta (6), a 20ª edição da roda de conversa que acontece na sede da Secretaria de Assistência Social do Jardim Esperança, às 9h. Por conta da campanha Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, o tema “Saúde da Mulher” será debatido em duas etapas. Esta semana, a mediação será realizada pela Superintendência dos Direitos da Mulher e, na próxima quinta, pela ONG Amigas da Mama.

“Estamos no Outubro Rosa, mês que consolidou a atenção voltada para a saúde da mulher e a campanha de prevenção ao câncer de mama por todo o país. A Sudim é responsável pelas temáticas relativas aos direitos da mulher e abre os debates com esse tema, para trazer mais reflexão e atenção à saúde integral da mulher”, explicou a superintendente dos Direitos da Mulher, Tânia Lopes.

Segundo ela, o convite para a ONG Amigas da Mama fomentar um dos debates da roda se deve ao fato de a organização ser referência em Cabo Frio e na Região dos Lagos, quando o assunto é câncer de mama. Além disso, a ONG integra o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) de Cabo Frio.

O encontro faz parte da programação semanal de debates elaborada pela Superintendência dos Direitos da Mulher, órgão vinculado à Secretaria de Assistência Social. O objetivo da roda é discutir temas pertinentes ao cotidiano das pessoas.

Toda semana, desde fevereiro deste ano, a Superintendência dos Direitos da Mulher tem promovido rodas de conversa com temas variados, sejam sobre os serviços prestados pela Secretaria de Assistência Social e o governo municipal de forma geral, sejam sobre outros temas de relevância para a população.

Sobre a roda de conversa

Até agora, 19 temas foram discutidos nas rodas de conversa, como “Direitos das mulheres na área jurídica”, “Impacto e consequências do isolamento social da pandemia nas relações sociais e familiares”, “Quebrando o tabu: o que é pessoa com deficiência?”, “Mulher e trabalho”; “Combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”, “Esclarecimentos sobre os serviços de convivência”; “O que eleva a sua autoestima?”; “Orgulho autista”; “Atribuições do Conselho Tutelar” e “Planejamento Familiar”.

Também já foram discutidos assuntos como “Arriscar é viver”; “Potencial Coletivo”, “O que é CadÚnico”, “Três anos da Superintendência da Pessoa com Deficiência: articular e promover as garantias de direitos da PCD”, “Lei Maria da Penha – 16 anos”; “A importância do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos”, “Você não está sozinho – Valorização da vida”, “Os desafios da dependência química em meio à pandemia” e “A importância do dia 21 – Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência”.

A roda de conversa já contou com a colaboração das superintendências de Políticas Públicas de Prevenção às Drogas; da Pessoa com Deficiência e da Proteção Social Básica, além de equipes do Centro de Saúde Oswaldo Cruz, ligadas à Secretaria de Saúde.

SERVIÇO
Secretaria de Assistência Social – Núcleo Jardim Esperança
Endereço: Rua Dimas Teixeira, 191
Funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 17h

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005