Sistema de garantia de direitos é tema de formação para os servidores da Educação de Cabo Frio

Encontro reuniu diversos setores da gestão municipal que apresentaram ferramentas de identificação, proteção e auxílio ao estudante e núcleo familiar

Profissionais de educação que atuam na rede municipal de Cabo Frio participaram, nesta quarta-feira (1º), de uma formação virtual sobre o Sistema de Garantia de Direitos, destinado à proteção dos alunos e da comunidade escolar. O aparelho público conta com a participação da Secretaria de Saúde, e da Secretaria da Criança e do Adolescente e da Secretaria de Assistência Social.

Cerca de 100 pessoas participaram da formação, que teve certificação para aqueles que assistiram e assinaram a lista de presença disponibilizada ao final da atividade. O vídeo completo pode ser assistido no canal do YouTube da Coordenadoria de Formação Continuada da Secretaria de Educação (https://www.youtube.com/watch?v=MlUYI2gzis4).

O encontro contou com a presença do chefe de gabinete do prefeito, Pedro José; da gerente do Sistema de Garantia de Direitos da Secretaria de Educação, Ileide Figueiredo; do representante da Comissão Municipal de Controle de Infecção em Estabelecimentos de Saúde (COMCIES), Paulo Nogueira; da psicóloga e coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Bruna Sampaio.

Completando o ciclo, participaram ainda a psicóloga e coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Silvia Lima, da coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), Miriam Aguilar e da embaixadora do programa Cidadão Digital no RJ, Nathalia Afonso.

Na ocasião os servidores que atuam diretamente nas unidades escolares puderam conhecer quais mecanismos estão à disposição para consulta e acionamento nos casos onde se identifique vulnerabilidade social no ambiente escolar, juntamente com os contatos destas pastas para encaminhamento de demandas. O encontro foi mediado pela Coordenadora da equipe de Orientação Educacional da Secretaria de Educação, Jamel Junia.

A gestora Educacional, Márcia Tardelli, abriu a formação reforçando que o momento de formação é a concretização de um projeto sonhado por toda a equipe.

“Durante algum tempo projetamos a realização desse trabalho intersetorial, buscando não apenas a universalização, mas também a permanência dos alunos nas escolas, em especial neste momento pandêmico em que tantos desafios se apresentam. A escola, para muitas crianças, é o grande porto seguro, onde há segurança e proteção. É nesse sentido que buscamos contribuir para uma sociedade melhor, com a educação sendo ferramenta de superação para os alunos”, comentou.

Complementando, Pedro José falou sobre as diferentes abordagens que, juntas, permitem que os alunos sejam vistos em sua totalidade.

“Em momento tão delicado, com tantos alunos fora do ambiente escolar, que é local para socialização, é dever analisar em que contexto social eles estão inseridos. A grande vocação da Educação não é simplesmente a transmissão de uma cartilha básica, mas permitir que vocações sejam descobertas e desenvolvidas, já que ninguém é escravo do próprio contexto e a escola é o primeiro lugar para jogar luz sobre o trabalho infantil, abuso sexual, desnutrição infantil. A meta do prefeito José Bonifácio, que está sempre presente nos discursos, é de que todo aluno em Cabo Frio que sonha encontre o caminho para a concretização, através da rede municipal”, enfatizou.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.