Superintendência de Proteção aos Animais realiza diversos resgates no início de 2018

O ano de 2018 começou com muito trabalho para a Superintendência de Proteção aos Animais. Desde o primeiro dia do ano mais de 10 animais já foram resgatados, reforçando o alerta da Superintendência para a conscientização sobre cuidados com os animais.


SAIBA MAIS

Vigilância Sanitária intensifica ações de combate ao Aedes aegypti


De todos os resgatados, alguns foram encaminhados para atendimento médico, como cirurgias e tratamentos de doenças de pele. Outros foram recebidos no Canil Municipal e também pelo programa Cãomunitário, no qual os pets são acolhidos e tratados por pessoas comuns, que se solidarizam com a causa, sempre com o apoio da Superintendência. Depois do resgate, todos são encaminhados para vacinação, castração e adoção. O Bazar Animal também é grande parceiro da pasta no resgate e tratamento dos animais.


Um dos bichinhos resgatados foi o João, um cão vítima de atropelamento no Jardim Esperança, que foi encontrado com uma das patas fraturadas. Atualmente ele está sob os cuidados de um morador do Jacaré, através do projeto Cãomunitário, realizando também quimioterapia para tratamento de Tumor Venéreo Transmissível.


A Superintendência de Proteção aos Animais também resgatou o rottweiler Brutos: idoso e dócil, ele já ganhou novo lar. Mesmo destino aguarda um filhotinho de vira lata que também foi resgatado no Jardim Esperança. Já no bairro Reserva do Peró uma cadelinha com cinomose recebeu tratamento.

 

E em meio a tantas ocorrências, uma chamou a atenção: o cachorrinho Bob foi resgatado com diversos ferimentos, vítima de uma rinha com pitbulls no bairro Parque Eldorado 2. Vale destacar que todos os animais resgatados são vacinados no Canil e castrados com o apoio de clínicas veterinárias.

 

Duas gatinhas também foram resgatadas. Uma delas estava prenha. A outra, em estado de saúde grave, com esporo, já está em tratamento. Diante de tantos casos em tão pouco tempo, a superintendente Carol Midori faz um alerta para que a população se conscientize sobre o cuidado com os animais, já que o número de ocorrências de maus tratos e de abandono de animais em Cabo Frio é muito alto. Só em 2017 foram recolhidos mais de 500 animais. Destes, 401 foram adotados através das 18 feiras de adoção ou das redes sociais. Em um ano também foram verificadas 32 denúncias de maus tratos, uma média de mais de duas por mês.


Além de trabalhar a conscientização, a Superintendência de Proteção aos Animais de Cabo Frio também disponibiliza um telefone para que a população possa realizar denúncias de maus tratos aos animais, ou solicitar adoção: (22) 99237-6507. “Importante ressaltar que este número é somente para mensagens de whatsapp, e o contato pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h”, informou Carol Midori. O Canil Municipal fica localizado na Fazenda Campos Novos, na Rodovia Amaral Peixoto, Km 124, em Tamoios.


Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.