Categorias
Destaque Turismo

Cerimônia de Hasteamento da Bandeira Azul no Peró é cancelada

Evento, previsto para esta sexta-feira (11), foi desmarcado por conta da pandemia do COVID-19. Porém, a praia segue homologada

A Prefeitura de Cabo Frio e a organização responsável pelo Programa “Bandeira Azul” no Brasil informam que o tradicional hasteamento da bandeira, que estava marcado para esta sexta-feira (11), na Praia do Peró, foi cancelado.

O motivo do cancelamento alegado pela organização é que, por conta da pandemia do COVID-19, “o momento não permite uma festa como a ocasião merece”. Porém, não há alteração ou mudança na homologação da Praia do Peró para a temporada 2020/2021 dentro do programa.

A “Bandeira Azul” será entregue ao atual prefeito Dr. Adriano Moreno e ao prefeito eleito, José Bonifácio, em cerimônia restrita, com data e hora a serem definidas pela organização. O evento será documentado pela assessoria de imprensa do Programa “Bandeira Azul” e o material será colocado a disposição a todos os jornalistas interessados.

Categorias
Destaque Meio Ambiente

Praia do Peró volta a ostentar selo de qualidade internacional

A Bandeira Azul voltou a ser hasteada na manhã desta quarta-feira (17) na Praia do Peró.  O símbolo da certificação internacional de qualidade e acessibilidade havia sido retirado pela coordenação local apenas por precaução diante do aparecimento de manchas do óleo que vazaram de uma fissura no Campo de Marlim Leste, na Bacia de Campos.

Foram dois arriamentos preventivos.  O primeiro no dia 5 de março e o segundo no dia 13 do mesmo mês, e desde então, a Bandeira Azul não foi mais hasteada por precaução, até que a limpeza das manchas de óleo fosse completa.

Desde o primeiro aparecimento das manchas de óleo, equipes da Comsercaf, da Coordenadoria de Meio Ambiente e da Guarda Marítima e Ambiental juntaram-se aos agentes da Petrobras, do ICMBio e do Inea, que foram acionados para realizar a contenção do óleo no mar e realizar a limpeza das areias.

O vazamento atingiu praias de Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios e mobilizou cerca de 60 pessoas que atuaram nas atividades de limpeza nas praias, além de cinco embarcações para vistoria.

A estatal assumiu a autoria afirmando que os resíduos são de atividades da empresa, mas não deu detalhes do acidente. No entanto, o INEA confirmou que a Petrobras identificou que o óleo teve origem na área de exploração Marlim Leste. Depois da apuração final do caso, caberá ao IBAMA aplicar ou não multas à Petrobras.

Equipamentos e capacitação

Ficou acordado entre a Petrobras e as cidades atingidas a doação de equipamento de contenção e limpeza de óleo e a capacitação de agentes municipais para ações de pronta-resposta a vazamentos semelhantes ao ocorrido.  A doação será apenas parte da indenização que cada município vai receber, e foi chancelada pelo Ministério Público Federal, após reunião na última sexta-feira (12)

“Felizmente as correntes marítima ajudaram cabo Frio que, mesmo estando entre Búzios e Arraial do Cabo, as cidades mais atingidas, recebeu uma quantidade menor de óleo nas praias.  A certificação da Praia do Peró no Programa Bandeira Azul jamais esteve ameaçada. Mesmo assim, nossa coordenação tomou todas as medidas necessárias por precaução, e teve todo o apoio da Coordenação Nacional.  Agora vamos aproveitar da melhor forma possível a capacitação e os equipamentos que nos serão entregues e formar uma brigada contra esse tipo de acidente. A Praia do Peró, finalmente, está pronta para receber os cabo-frienses e os turistas de todo o Brasil, com a certeza de qualidade na água, na areia e na acessibilidade”, afirmou o coordenador de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento, Mario Flavio Moreira.