Unidades de Saúde de Cabo Frio realizam atividades preventivas às Hepatites Virais

Iniciativas marcam a Campanha Mundial Julho Amarelo, de combate e prevenção aos tipos de hepatite

Em alusão ao mês de conscientização e prevenção às hepatites virais, o Julho Amarelo, a Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu uma programação especial. Com objetivo de alertar a população para tais infecções, as ações foram realizadas em unidades de saúde da Atenção Básica. O Dia Mundial de Conscientização e Prevenção às Hepatites Virais é lembrado nesta quinta-feira (28).

Equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) abordaram a temática nas Estratégias de Saúde da Família do Manoel Corrêa, Guarani e Jardim Nautilus. No Hospital Dia, além das ações de rotina, a equipe realizou testagem rápida, distribuição de preservativos, orientações, aplicação de vacinas e outras medidas. De acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde de Cabo Frio, nos seis primeiros meses de 2022, foram registrados 18 novos casos de hepatite. Em 2021, no mesmo período, foram registrados 24 casos.

De acordo com a infectologista Aparecida Castorino, a hepatite é uma doença silenciosa, mas que tem tratamento e vacina disponível para a prevenção.

“Infelizmente não existe a procura adequada pela vacina, que previne a hepatite B, uma infecção sexualmente transmissível. É necessário que haja esse incentivo, um movimento pró-imunização. Qualquer pessoa pode se testar e se vacinar. A tipagem C não conta com vacinação, mas tem um percentual altíssimo de cura com acompanhamento e medicação correta. Tanto a testagem quanto a imunização estão à disposição da população pelo SUS”, destacou.

Cabo Frio possui em sua rede de saúde o Departamento de Atenção às IST/AIDS e Hepatites Virais no Hospital Dia. Os testes de rápido diagnóstico podem ser feitos no Hospital Dia (São Cristóvão), no Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança), e no PAM de Santo Antônio, em Tamoios.

Na Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégias de Saúde da Família (ESF), também é possível solicitar os exames de detecção da doença. Em caso de resultado positivo, os pacientes são referenciados para o tratamento com um especialista no Hospital Dia e na Saúde Coletiva, localizada no PAM de São Cristóvão.

O tratamento para hepatite tipo C, que não tem vacina mas apresenta alto índice de cura, dura em média de 12 a 24 semanas com medicação especifica. Para a hepatite B, o tratamento é contínuo. Para a prevenção desse tipo de infecção viral, a rede de saúde dispõe de vacina. A imunização é recomendada para todos os tipos de público, sem restrição quanto à aplicação das doses.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005