Cabo Frio participa de workshop nacional do programa Bandeira Azul




O programa de certificação Bandeira Azul, selo hasteado na Praia do Peró na temporada 2018/ 2019, realiza nesta quinta (16) e sexta-feira (17), o seu XII Workshop Nacional, em Balneário Camboriú (SC). O evento anual reúne, obrigatoriamente, novos candidatos e representantes de praias já inscritas no programa. Cabo Frio está presente no evento através da superintendente de Políticas Públicas da Secretaria de Turismo, Luane Ferreira, e a da coordenadora local do programa, Paloma Arias, cumprindo mais um importante requisito para que o selo seja hasteado novamente no município.

Durante o encontro desta quinta (16) foi anunciado que Cabo Frio será sede do próximo workshop anual do programa. Outra novidade divulgada no evento é de que um kit de acessibilidade contendo uma cadeira anfíbia, uma esteira e uma tenda será distribuído para todas as praias certificadas com selo, através do patrocínio de uma empresa alemã. O Instituto Ambientes em Rede, responsável pela certificação no Brasil, ficará responsável pelas questões burocráticas para adesão dos kits.

“Além dos vários conteúdos sobre gestão de qualidade de praias, o workshop nos trouxe ótimas notícias, como a escolha de Cabo Frio para o próximo encontro e a possível entrega desses kits que podem agregar muito na Praia do Peró. Este é o primeiro passo dos muitos que deverão ser feitos para que a Bandeira Azul volte abrilhantar nossa cidade”, disse a superintendente, Luane Ferreira.

Hasteada no dia 25 de novembro de 2018, a Bandeira Azul Praia do Peró foi o resultado de um movimento que partiu dos moradores e entidades do bairro, envolvendo o poder público, e se transformando em uma das maiores atrações turísticas da cidade na temporada 2018/2019, o que refletiu diretamente na ocupação da rede hoteleira no local, que teve um acréscimo de 20% a 30%.

O arriamento da bandeira aconteceu no dia 26 de abril. Uma série de intervenções está prevista para a segunda fase do programa, desde obras de mobilidade urbana, até a construção de novos quiosques, passando pela conscientização da população e turistas acerca dos critérios que devem ser respeitados.

DestaqueNotíciasTurismo

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: