Teatro Municipal de Cabo Frio recebe vistoria da Controladoria Municipal


Na manhã desta sexta-feira (14), uma equipe da Controladoria Geral de Cabo Frio, juntamente com integrantes da secretaria de Cultura, realizou uma vistoria no Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb. O objetivo é fazer um levantamento do que foi realizado nas obras anteriores para verificar se houve alguma irregularidade. A ação foi realizada a pedido do prefeito Dr. Adriano Moreno, que solicitou uma auditoria em todas as pastas da prefeitura. A visita foi acompanhada pela secretária de Cultura, Meri Damaceno, e a subsecretária, Heliamar Santos Reis, pelo arquiteto Sérgio Nogueira e pelo Corpo Gestor do teatro.

 

A inspeção foi guiada pelo arquiteto Sérgio Nogueira, que apontou as alterações que precisarão ser feitas na estrutura do prédio. “As obras vão colocar o teatro dentro das normas de incêndio e pânico. Vamos modificar as saídas de emergência, que precisam ter dois metros de largura, fazer um sistema hidráulico de combate a incêndios e fortalecer as vigas do palco que, atualmente, é projetado para suportar apenas 20 pessoas” explica Sérgio.

 

Após a apresentação do projeto, foi solicitado o processo da última obra no teatro, realizada pelo governo anterior. “Com essa documentação, o arquiteto vai apontar o que estava previsto e o que realmente foi feito. Em seguida a Controladoria vai efetuar uma varredura nas contas para que possamos identificar se houve alguma irregularidade e cobrar dos responsáveis”, explica o controlador Geral da Prefeitura, Alberto Correia e Castro.

 

Para a secretária de Cultura, Meri Damaceno, as obras no teatro são prioridade. “Nossa maior preocupação é concluir a obra do Inah de Azevedo Mureb e estruturar com o suporte técnico necessário, como a roupagem da caixa cênica, que envolve cortina, rotunda e coxias, além do som e iluminação. Por outro lado, também estamos engajados em manter os espaços que precisam de modificações na infraestrutura, como o Espaço Torres do Cabo, o Solar dos Massa e o Charitas, dando um passo de cada vez para recuperarmos a estrutura da secretaria que nos foi deixada praticamente destruída”, finalizou Meri.

 

CulturaDestaqueNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: