Categorias
Destaque Notícias

Programação do Dia das Crianças é adiada em Cabo Frio por causa da previsão de chuva

Evento pelo dia do basquete também foi transferido para nova data

Foi transferida para o próximo dia 23 de outubro, das 8h às 14h, a programação do projeto “Criança na Praça”, que seria realizada nesta terça-feira (12), na Praça Alfredo Castro, em São Cristóvão, em comemoração ao Dia das Crianças. Também no dia 23 acontecerá a programação do Dia do Basquete, que seria igualmente nesta terça.

Realizadas pela Prefeitura de Cabo Frio, as duas ações precisaram ser adiadas em virtude da previsão de chuva. As atividades serão gratuitas e o uso de máscara é obrigatório.

O projeto “Criança na Praça” terá diversas brincadeiras, atividades esportivas e pedagógicas, dinâmicas educativas sobre alimentação e saúde oral, teatro de bonecos, além de brinquedos para a diversão da garotada. A organização é da Secretaria Municipal da Criança e do Adolescente, com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Superintendência da Juventude.

Já a programação do Dia do Basquete terá clínica com apresentação dos principais fundamentos do esporte, transmitidos de forma lúdica, para crianças, jovens e adolescentes; apresentações culturais e uma palestra com o ex-jogador Marquinhos Abdalla, pivô que marcou época no basquete brasileiro entre as décadas de 1960 e 1980. A atividade é realizada pela Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer.

Além desses dois eventos, o Cultura Viva especial de Dia das Crianças, que aconteceria nesta terça-feira (12) na Praça da Boca do Mato, também foi adiado devido ao mau tempo. Segundo a Secretaria de Cultura de Cabo Frio, uma nova data será anunciada em breve.

Categorias
Destaque Notícias Saúde Vigilância em Saúde Ambiental

Cabo Frio imuniza 9.446 cães e gatos durante campanha no fim de semana

No próximo sábado (16) a ação volta a ser feita em Tamoios, com 11 postos volantes

Quase 9.500 cães e gatos foram imunizados neste fim de semana, em Cabo Frio, durante mais uma etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica. Ao todo, 6.961 cães e 2.485 gatos receberam a dose da vacina contra raiva durante a ação volante, realizada pela Secretaria de Saúde, em 15 postos montados nos bairros Vila do Sol, Guarani, Manoel Corrêa, Praia do Siqueira, Palmeiras, Gamboa, Peró, Cajueiro, Jardim Caiçara, Parque Burle, Braga, Vila Nova, Passagem, Itajuru e Recanto das Dunas.

No próximo sábado (16) a ação será levada novamente para Tamoios. Acontecerá das 9h às 16h, em 11 postos volantes que serão montados em São Jacinto, Maria Joaquina, Campos Novos, Botafogo, Florestinha, Unamar, Gravatá, Samburá, Gargoá, Aquárius e Centro Hípico. Em novembro será a vez da zona rural da cidade, com atendimento aos bairros de Parque Veneza, Agrisa, Araçá, Pacheco e Angelim.

A campanha é para cães e gatos, a partir de três meses de idade, que não tenham sido vacinados contra a raiva este ano. No local da imunização, os tutores devem apresentar a carteira de vacina do animal. Quem não tiver, receberá o documento no momento do atendimento. Os responsáveis pelos animais devem usar máscara e respeitar as regras de distanciamento enquanto estiverem no local de imunização.

Para a segurança do pet, aqueles que tenham menos de três meses de idade, estejam doentes, mal nutridos, fracos, ou usando antimicrobianos ou anti-inflamatórios, não devem ser vacinados. Fêmeas que estejam em lactação ou gestação, ou animais que tenham apresentado reação alérgica a essa mesma vacina anteriormente, também não podem tomar a vacina.

A coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental, Andréia Nogueira, esclarece que, por conta da pandemia, a campanha de vacinação antirrábica está atendendo todas as recomendações de segurança e prevenção à Covid-19.

“Com objetivo de evitar aglomeração e facilitar o acesso das pessoas, a imunização está ocorrendo por bairros, descentralizando o atendimento. Mas, além da campanha, o município também realiza a vacinação de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na sede da Vigilância em Saúde Ambiental, localizada na rua Índia, nº 40-A, bairro Jardim Flamboyant”, explicou Andréia.

A vacinação começou no dia 18 de maio pelo bairro Jacaré, e desde então já passou por Santo Antônio (Tamoios), Jardim Flamboyant, São Cristóvão, Monte Alegre, Porto do Carro, Vila do Ar, Jardim Esperança, Tangará, Caminho de Búzios, Jardim Peró e Reserva do Peró.

Todos os animais já vacinados este ano só poderão ser imunizados novamente a partir de abril de 2022. A previsão da Prefeitura é de que 25 mil cães e gatos sejam vacinados até o fim da campanha, em dezembro.

LOCAIS DE VACINAÇÃO PARA O PRÓXIMO SÁBADO (16)

São Jacinto – quadra ao lado do Posto de Saúde – Estrada de São Jacinto, S/N
Maria Joaquina – Escola Municipal Justiniano de Souza – Rua da Paz, S/N
Campos Novos – Entrada da Fazenda Campos Novos – RJ-106, km 124
Botafogo – Comsercaf Setor 12 – Estrada de Botafogo 233, casa 03
Florestinha – Escola Municipal Professora Alitta Maria do Vale – RJ-106, km 137
Unamar – Praça de Unamar – Rua Nossa Senhora de Fátima, 17
Gravatá – Rua André Terra, quadra 55, lote 1856
Samburá – em frente ao Mercado Bem Barato – RJ-106, S/N
Gargoá – entrada da Rua das Lebres, Unamar
Aquárius – Associação de Mulheres de Cabo Frio – Rua da Torre, 132
Centro Hípico – Casa de Ração Beira Rio – Avenida do Contorno, 04

Categorias
Destaque Notícias

Prefeitura de Cabo Frio e Enel realizam ação de conscientização sobre consumo de energia

Atividade aconteceu no CRAS do bairro Jardim Esperança

A concessionária Enel e a Prefeitura de Cabo Frio se uniram numa campanha sobre consumo consciente de energia elétrica, voltada para a população de Cabo Frio que encontra-se em situação de vulnerabilidade social. A ação faz parte do projeto Enel Compartilha Consumo Consciente, e aconteceu na última quinta-feira (07), Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do Jardim Esperança.

O atendimento foi feito de forma individualizada. Além das orientações, que impactam diretamente no consumo de energia elétrica, a Enel também realizou troca de duas lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por um modelo mais econômico, como a de LED. E ao final do evento, entregou brindes aos participantes: um caderninho com dicas de consumo no rodapé e um porta-celular.

Segundo a assistente social e coordenadora do CRAS do Jardim Esperança, Petrissiane Herdy, em razão do sucesso da ação, a ideia é estender o projeto para outras áreas de abrangência do Centro de Referência e Assistência Social do bairro.

“O CRAS é espaço de democratização e acesso às informações, é a porta de entrada da Assistência Social. Então, ações como esta estão de acordo com o objetivo da nossa política, pois é inclusiva. Os usuários tiveram a oportunidade de aprender a utilizar a energia de maneira consciente e ainda economizar. Esperamos estreitar essa parceria, e levar ações como esta para as demais áreas de abrangência deste CRAS”, informou a coordenadora.

Categorias
Destaque Notícias Turismo, Esporte e Lazer

Candidatos classificados para a Feira de Antiguidades São Benedito têm até esta quarta-feira (13) para assinar autorização

Expositores selecionados devem comparecer na sede da Secretaria de Turismo Esporte e Lazer, localizada no Espaço Cultural do Surfe

Os candidatos selecionados como expositores na Feira de Antiguidades São Benedito, na Passagem, em Cabo Frio, têm até esta quarta-feira (13) para comparecer na sede da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, para assinar o Termo de Autorização de Uso. A Secretaria fica na Praça da Cidadania, no prédio do Espaço Cultural do Surfe. O atendimento começou a ser feito nesta segunda (11), das 09h às 17h. Na terça (12), em função do feriado, não haverá expediente.

A primeira edição da Feira está prevista para este domingo (17), e está sujeita às condições meteorológicas. A relação dos candidatos selecionados foi publicada na última sexta-feira (8), na edição Nº 301 do Diário Oficial, disponível no site da Prefeitura.

A cada expositor será concedida uma única autorização, de uso temporário, exclusiva para o evento. O autorizatário deverá exercer sua atividade comercial pessoalmente, sob pena de cassação da autorização. No caso de a atividade comercial ser exercida por algum empregado, este deverá portar documento de identificação fornecido pela Secretaria de Turismo. Os empregados serão considerados procuradores dos feirantes para efeito de receber intimação, notificação, autuação e demais ordens administrativas.

Ao todo serão distribuídas 12 barracas para o uso no evento. Os espaços para exposição serão divididos entre os segmentos antiquário; produtos manufaturados ligados à área náutica; sebos; brechós; reciclagem bruta; couro; produções culturais e artísticas de outrora (mínimo 15 anos), tais como livros, postais; produtos artesanais diversos ligados à história e cultura de Cabo Frio. O evento será destinado à venda exclusivamente a varejo.

Para a realização da Feira de Antiguidades São Benedito, que deverá ter periodicidade quinzenal, as barracas serão instaladas em horários e locais previamente estabelecidos pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer. A previsão é de que o evento aconteça aos domingos, das 10h às 17h, na Praça São Benedito, na Passagem.

Os candidatos classificados e convocados através do DIário Oficial para a assinatura do Termo de Autorização de Uso são:
1‐ Casa Praia Decor – Produtos manufaturados ligados à área náutica
2‐ Antônio Leite – Produtos Manufaturados ligados à área náutica
3‐ Barraca do Peão – Antiquário
4‐ Tempo do Onça – Antiquário
5‐ Pinheiro Farias Antiguidade – Antiquário
6‐ José Roberto Hartmann Filho – Reciclagem Bruta
7‐ Sebo Ventura – Sebos
8‐ Natureza em Evidência – Produtos artesanais diversos ligados à história e cultura do Município de Cabo Frio.
9‐ Brechó Divas – Brechó

Categorias
Destaque Notícias Procuradoria Geral Saúde

Prefeitura consegue liminar na Justiça para retomada de obras de três unidades de saúde

Decisão aponta que a construtora terá que retomar as obras das UBS, que deveriam ter sido entregues no início de 2017, sob pena de multa diária

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro concedeu uma decisão liminar favorável ao município de Cabo Frio para a retomada da construção de três Unidades Básicas de Saúde (UBS). Com a liminar, fruto do processo proposto pela Prefeitura de Cabo Frio, através da Procuradoria Geral, a empresa Australásia Construções Eirele Me deverá retomar imediatamente as obras das UBS Jardim Esperança, Reserva do Peró e Colinas do Peró, sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00, em caso de descumprimento. A empresa ré, e sua representante legal, foram penalizadas ainda com o bloqueio cautelar dos bens. As partes serão citadas e podem entrar com recurso. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (07), no processo nº 0008051-30.2021.8.19.0011.

Com a finalidade de ampliar a assistência aos serviços em saúde na rede municipal, as unidades deverão ser concluídas e entregues à gestão cabo-friense. Os recursos utilizados para contratação da empresa são provenientes de convênio celebrado com o Ministério da Saúde, relacionado ao Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde.

“A Procuradoria Geral tomou conhecimento dos gravíssimos fatos em setembro deste ano, o que levou a proposição da ação judicial, para resguardar o erário e proporcionar o acesso da população a saúde básica, sem prejuízo da apuração de responsabilidades administrativas. As obras constituem o objeto do contrato administrativo n°13/2016, firmado em 17/05/2016 e deveriam ter sido concluídas e entregues no prazo de 240 dias, o que não ocorreu. Considerando o lapso temporal, será efetuada perícia judicial nas obras”, destacou a Procuradora Jurídica, Renata Lima de Alencar.

De acordo com a decisão liminar, proferida pela juíza em exercício, Luciana Cesário de Mello Novais, a ação causou danos e ofereceu riscos com o não cumprimento do objeto do processo, destacando fortes indícios de irregularidades, desvio de finalidade, corrupção, fraude e lesão ao erário municipal e federal, praticadas pela empresa responsável. Na época, sete notas de serviços foram emitidas, totalizando o valor de R$ 995.312,57.

O documento determina ainda a produção antecipada de prova pericial de engenharia civil, para que não haja maior prejuízo aos cofres públicos, com o perecimento da estrutura do que foi construído. Segundo o documento, o objetivo da perícia é verificar até que ponto a obra foi realizada, o estágio em que se encontra e o andamento, que devem estar de acordo com os moldes contratados pelo processo licitatório.