Alunos da EJA, em Cabo Frio, realizam projeto “Favela” para tratar do tema “paisagens urbanas”

Objetivo é criar identidade para a comunidade projetada

O projeto “Favela”, desenvolvido por alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) matriculados na Escola Municipal Vereador Leaquim Schuindt, no bairro Jardim Esperança, foi pensado pelos professores que atuam nessa modalidade de ensino como forma de romper preconceitos. Trabalhando o tema “paisagens urbanas”, foi possível entender as modificações no espaço feitas pelo homem e as relações sociais e econômicas nesses territórios.

Os alunos, com muita criatividade, fizeram uma reconstituição de uma comunidade reutilizando o papelão e outros materiais. O trabalho criou uma identidade para o local retratado e os estudantes deram nomes especiais para as ruas. A apresentação do trabalho foi oferecida, pelos estudantes, às outras turmas da EJA que visitaram a exposição do projeto “Favela”.

A EJA, destina-se aos que se situam na faixa etária superior à considerada própria, no nível de conclusão do Ensino Fundamental. O currículo deve se pautar pelos princípios de equidade, diferença e proporcionalidade na apropriação e contextualização das diretrizes curriculares nacionais e na proposição de um modelo pedagógico próprio.

Ao todo, três unidades escolares oferecem a modalidade em Cabo Frio. São elas:

• Escola Municipal Vereador Leaquim Schuindt (Jardim Esperança)
• Escola Municipal Prof. Edilson Duarte (Jardim Caiçara)
• Centro Educacional Municipal Prof.ª Marli Capp (Unamar)

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.