Cabo Frio intensifica ações de combate e prevenção à Covid-19

Desde o início do ano foram feitos investimentos em testes rápidos, capacitação de servidores e parceria com outros municípios do Estado

Há um ano o coronavírus mudou a realidade das cidades de todo o mundo. Em Cabo Frio, nos 100 primeiros dias do novo governo, as ações de combate e prevenção ao vírus foram intensificadas pela Prefeitura. Desde de janeiro deste ano a cidade adquiriu testes rápidos para detecção da Covid-19 e assinou um Termo de Cooperação para aumentar a quantidade de leitos disponíveis, entre outras medidas.

Logo nos primeiros dias da atual gestão, a Prefeitura implantou uma nova estrutura para acompanhar a evolução epidemiológica no município. O Gabinete de Soluções contra a Covid-19 conta com 16 representantes, sendo oito do governo municipal e oito da sociedade civil.

A reunião é aberta para a população por meio da transmissão on-line nas redes sociais oficiais da Prefeitura. O objetivo do gabinete é discutir a situação do coronavírus na cidade, em busca de soluções instituídas por Decreto Municipal, resultando em uma melhor atuação do poder público no combate à pandemia.

TESTES RÁPIDOS SÃO DISPONIBILIZADOS PARA A POPULAÇÃO

Para reforçar o atendimento e monitoramento dos casos com foco no diagnóstico e tratamento da Covid-19, o município recebeu três mil testes rápidos do Governo Estadual, comprou mais 10 mil, e tem a previsão de adquirir outros 30 mil. A testagem (feita com amostra de sangue e somente para pessoas que ainda não receberam nenhuma dose da vacina contra a Covid-19) acontece na Tenda da Triagem (ao lado da UPA do Parque Burle), na UPA de Tamoios, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas Estratégias em Saúde da Família (ESF), e também por drive-thru por meio de agendamento.

Após a confirmação dos casos, a Secretaria de Saúde inicia o monitoramento dos pacientes, em particular daqueles que estão internados, e também dos óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). O objetivo dessa investigação epidemiológica é aprimorar e detalhar melhor a amplitude e evolução da transmissão viral na cidade.

Além disso, a Prefeitura de Cabo Frio implantou a coordenação de geoprocessamento da Saúde, que vem fazendo uma análise espacial sobre as notificações da Covid-19. O trabalho é desenvolvido por meio de análises dos óbitos e casos confirmados da doença, gerando mapas temáticos que são capazes de entender a dimensão da proliferação do vírus.

Esses dados são direcionados também para o Boletim Epidemiológico da Covid-19, divulgado para toda população através do site oficial do governo e também das redes sociais da Prefeitura. A publicação contém o número de casos confirmados, recuperados, descartados, óbitos e leitos disponíveis no município.

CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES
Em paralelo às análises e estudos dos casos de coronavírus em Cabo Frio, a Prefeitura tem executado ainda cursos de capacitação para profissionais de saúde e servidores municipais que atuam na linha de frente no combate ao vírus. Equipes das unidades hospitalares, pré-hospitalares e da Atenção Básica, por exemplo, receberam treinamento para realização dos testes rápido e RT-PCR (com amostras coletadas do nariz ou da garganta através de cotonetes), além de capacitação sobre limpeza e desinfecção em unidades de saúde.

Em média, por mês, cerca de 100 unidades públicas passam por desinfecção, entre eles asilos, Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), hospitais, e demais locais de maior circulação de pessoas.

MUDANÇA DE CONTRATO GERA ECONOMIA PARA O MUNICÍPIO

Uma marca importante do governo municipal no combate à Covid foi a economia de R$ 40 mil por mês com uma nova licitação da tenda de triagem da UPA do Parque Burle: o custo caiu de R$ 55 mil mensais no governo anterior para atuais R$ 15 mil mensais. A nova estrutura conta com ampliação dos consultórios médicos, e favorece a dinâmica do atendimento e objetivo do formato de tenda, que é garantir a circulação de ar no local de triagem dos pacientes com suspeita da doença.

MAIS LEITOS E PARCERIAS IMPORTANTES NO ENFRENTAMENTO À COVID-19

O Hospital Municipal de Tamoios está ganhando diversas melhorias no andar térreo para receber pacientes da Covid-19. A princípio a Prefeitura de Cabo Frio vai disponibilizar 20 leitos.

Além disso, em março o prefeito José Bonifácio assinou um Termo de Cooperação com o prefeito de Maricá, Fabiano Horta, que permite a disponibilização de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e de enfermaria, para atendimento a pacientes de Cabo Frio que necessitem de transferência por complicações da Covid-19.

Os pacientes serão recebidos no Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, unidade de referência no estado do Rio de Janeiro. O documento tem validade até 31 de dezembro de 2021, podendo ser renovado a critério dos municípios envolvidos.

Além de todas as ações do município, como reforço no teste para identificação do diagnóstico e demais medidas de prevenção, a Prefeitura de Cabo Frio alerta que o mais importante e eficiente é a conscientização da população, que deve evitar aglomerações, utilizar máscara e seguir as recomendações dos profissionais de saúde.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.