Cabo Frio vai brigar pelo podium no Sul-Americano de Va’a


A partir do dia 17 a Praia do Forte, em Cabo Frio, vai se transformar na capital dos esportes náuticos com a realização do XVIII Sul-Americano de Va’a e do X Aloha Spirit. Ao todo serão mais de 2500 atletas de vários países. Para o Sul-Americano são esperados mais de 450 atletas e um público estimado em mais de 1.500 pessoas. O país com maior representatividade na competição é o Brasil, com mais de 200 inscritos, seguido do Peru, Chile, Panamá e Argentina, além da Guiana Francesa, Venezuela, Rapanui e Taiti, que participa como convidado por ser o berço do esporte.

O Sul-Americano acontece entre os próximos dias 17 e 21, e nesta “briga de gente grande” Cabo Frio vai tentar o lugar mais alto podium com 22 atletas: Paulina Ramirez, Alice Nassif Farah Moreno, Aparecida da Silva Paes Mello, Claudia Maria Carvalho Sá, Eduardo Henrique Campos de Abreu, Eric Leo Soares, Fabiano Antônio Ervolino, Francisco Pereira da Costa, Gisele Jandre de Souza Costa, Henrique Vogel Quintanilha, Igor Rossi Junqueira Surerus, João Sá Ferreira Ramos, Juan Combothanassis Ali, Júlia Ferreira Guimarães, Lucas Barros da Costa, Marianna de Souza Santa Roza, Mauro Jose Apolinario Batista, Maxwell Coutinho Júnior, Pedro Garcia Lemgruber, Simone Rena da Fonseca, Victor Guerson Campanati e Willian Muller Da Silveira. Arraial do Cabo também terá representantes: Américo Pinheiro Junior e Lena Guimarães Ribeiro.

O Sul-Americano de canoas havaianas é considerado um dos campeonatos mais importantes do mundo. Realizado há 18 anos, esta é a segunda vez que ele acontece no Brasil (a última foi em 2015, na cidade de Santos, em São Paulo). Em Cabo Frio os atletas vão competir nas categorias Parava’a, Júnior, Open, Master 40 / 50 / 60 e 70, em canoas individuais, e canoas para seis remadores, com percursos de 3km, 6km, 12km, 16km e 24km.

A abertura oficial do evento acontece no próximo dia 17, a partir das 7 horas, com os canoístas fazendo um reconhecimento das raias para o início oficial da competição, que acontece no dia 18, a partir das 8h, com V1R Master Masculino 60 / Master Masculino 70 (6 Km), V6 Master Feminino 60 / Master Feminino 70 (6 Km), V1 Open Masculino (16 Km), V1R Master Feminino 60 / Master Feminino 70 (6 Km), V6 Júnior 19 Feminino (12 Km), V1 Open Feminino (16 Km), V1 Master 40 Masculino (12 Km), V1R Máster 50 Feminina (6 Km), V6 Júnior 19 Masculino (12 Km), V1 Master 40 Feminino (12 Km) e V1R Master 50 Masculino (6 Km).

A competição continua no dia 19 com V1 Master Masculino 60 / Master Masculino 70 (6 Km), V6 Júnior 16 Masculino (6 Km), V1R Open Masculino (16 Km), V1 Master Feminino 60 / Máster Feminino 70 (6 Km), V6 Júnior 16 Feminino (6 Km), V1R Open Feminino (16 Km), V1 Júnior 19 Masculino (12 Km), V1R Master 40 Feminina (12 Km), V6 Master 50 Feminino (12 Km), V1 Júnior 19 Feminino (12 Km), V1R Master 40 Masculino (12 Km) e V6 Master 50 Masculino (12 Km).

Para o terceiro dia estão previstas competições nas categorias V6 Master Masculino 60 / Master Masculino 70 (6 Km), V1R Júnior 19 Masculino (6 Km), V1 Master 50 Masculino (6 Km), V6 Master 40 Feminino (12 Km), V1R Júnior 19 Feminino (6 Km), V1 Master 50 Feminino (6 Km), V1R Júnior 16 Masculino (3 Km), V1 Parava’a Masculino (3 Km), V6 Master 40 Masculino (12 Km), V1R Júnior 16 Feminino (3 Km) e V1 Parava’a Feminino (3 Km). Encerrando o Sul-Americano de Va’a, dia 21 tem V6 Open Feminino (24 Km), V1 Júnior 16 Masculino (3 Km), V1 Júnior 16 Feminino (3 Km), V6 Open Masculino (24 Km), V6 Mista Open (12 Km) e Torneio Amizade (3 Km). Uma festa de confraternização encerrará oficialmente o evento.

Realizada pela Confederação Brasileira de Va’a e Associação Magna de Desportes, com organização da agência Ecooutdoor Sports Business, o XVIII Sul-Americano de Va’a tem apoio da Prefeitura de Cabo Frio e da Secretaria de Turismo de Cabo Frio, e patrocínio do Restaurante Cabo Grill, Vilarejo, Boutique de Carne e Bramil Supermercados, e servirá como uma espécie de “esquenta” para um dos maiores festivais de esportes aquáticos do mundo, o Aloha Spirit Festival, que acontece também na Praia do Forte, em Cabo Frio, dois dias depois do Sul-Americano.

“Esta será a última etapa do Aloha Spirit Festival, válida para o Mundial de Stand Up Paddle, da Paddle League. Será a primeira vez que uma etapa do Mundial acontece no Brasil, por isso, o presidente Christopher Parker estará em Cabo Frio junto com vários grandes nomes da modalidade”, anunciou João Castro, diretor da agência Ecooutdoor Sports Business, realizadora do Aloha Spirit, que tem patrocínio da Booking.com e Riachuelo, e apoio da Amarok, Prefeitura de Cabo Frio, Secretaria de Turismo de Cabo Frio, Inter TV e Aqua Sphere. Mais de 2 mil atletas amadores e profissionais de várias partes do país e da América Latina são esperados nas modalidades de Canoa Havaiana, Stand Up Paddle, Natação em águas abertas, Paddleboard, Surfski, Triathlon Waterman, Apneia e Beach Run.

Pesca submarina também está no calendário

Uma semana depois ao Aloha Spirit, Cabo Frio vai sediar outro campeonato de esporte aquático, o Estadual de Pesca Submarina de 2018, realizado nos dias 1 e 2 de dezembro pela Federação de Caça Submarina do Estado do Rio de Janeiro (FCSERJ) e pela Confederação Brasileira de Caça Submarina (CBCS), com apoio do Clube Náutico de Cabo Frio (CNCF), Associação de Pesca Subaquática de Cabo Frio (APSCF) e da Secretaria de Turismo e patrocínio da Divecom, uma das maiores empresas de equipamentos para prática da pesca submarina no Brasil. A competição, aberta a atletas federados e não federados que estejam em dia com a licença de pesca e aptos à prática do esporte através de apresentação de atestado médico, terá cerca de 30 competidores divididos nas categorias Sênior e Junior.

“Para esta competição teremos representantes do Clube Náutico de Cabo Frio, do Costa Azul Iate Clube, da Associação de Pesca Subaquática de Cabo Frio e também de clubes do Rio e de Angra, além de atletas de São Paulo e Espírito Santo”, contou Jairton Gonçalves, diretor técnico da Federação e vice presidente da Associação de Pesca Subaquática de Cabo Frio, lembrando que vários nomes de peso participarão do Estadual, entre eles o capixaba Paulo Sérgio Pacheco, Gabriel Barra (várias vezes campeão paulista), Rodrigo Fahan (atual campeão brasileiro), Paulo de Sá Junior e Macaco entre outros.

O campeonato existe desde 1975 e já teve Cabo Frio como sede várias vezes, a última em 2016, com Alex Macieira, do Clube Náutico da cidade, sagrando-se campeão. As provas acontecerão nas ilhas Capões, Pargos, Breu, Dois irmãos, Comprida e Redonda, ambas com 6 h de duração e largada as 9h, e todos os peixes serão doadas ao Lar da Cidinha.

 

DestaqueTurismo

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: