Prefeitura de Cabo Frio dá início ao projeto Assistência Itinerante

Objetivo é beneficiar cabo-frienses em situação de vulnerabilidade social com os serviços oferecidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social

A partir desta quarta-feira (15) moradores de Cabo Frio em situação de vulnerabilidade social serão atendidos por um novo programa da Prefeitura: o projeto Assistência Itinerante, que tem como objetivo levar os serviços da Secretaria Municipal de Assistência Social até à população mais necessitada.

“Vamos atender as pessoas mais vulneráveis que necessitam dos serviços da Assistência Social, além de orientações sobre os diversos programas e serviços que oferecemos e que ajudam a diminuir os efeitos da desigualdade social”, comentou Nilza Miquelotti, secretária de Assistência Social de Cabo Frio.

A ação começará nesta quarta-feira (15) pelo bairro Manoel Corrêa, e segue até sexta-feira (17), das 9h às 12h, nas dependências do CIEP Professora Amélia Ferreira dos Santos Gabina. Durante a ação serão realizados diversos atendimentos como orientações sobre o Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada – BPC, atualização do Cadastro Único, agendamento de segunda via de certidão de casamento, óbito ou nascimento, encaminhamento de segunda via da identidade, emissão de cartão de estacionamento para pessoas com deficiência, orientações sobre os direitos da mulher, serviço de assessoramento e prevenção às drogas e orientações sobre os direitos do consumidor através do Procon.

Em parceria com a Secretaria de Governo, a Assistência Itinerante também terá orientações para o público LGBTI+ com o serviço de inclusão do nome social e a presença da Junta Militar, que prestará orientações sobre a necessidade da regularização do serviço militar, esclarecimentos sobre o atestado de desobrigado, notório incapaz, arrimo de família, entre outras orientações.

MOEDA SOCIAL ITAJURU

Durante os três dias de ação no Manoel Corrêa, a Prefeitura de Cabo Frio também realizará uma repescagem dos comerciantes que não conseguiram se inscrever para receber a Moeda Itajuru em seus estabelecimentos.

“Encerramos nesta sexta-feira (10) a formalização dos comerciantes na Moeda Social Itajuru. Tivemos um total de 70 inscritos, mas como algumas pessoas estavam com pendências de documentos, estenderemos o cadastramento do dia 15 ao 17 de setembro durante a Assistência Itinerante no Manoel Corrêa”, informou o coordenador do projeto Assistência Itinerante e do Programa Moeda Social Itajuru, Adriano Brisola.

Ele também informou que os empreendedores interessados em receber a Moeda Social em seus estabelecimentos deverão comparecer nas dependências do CIEP portando o documento de identificação com foto, CPF, título de eleitor, comprovante de residência e CNPJ (se tiver).

Últimas Notícias