Prefeitura realiza plantio de mais de 7 mil m² na Praia do Forte


A Secretaria de Meio Ambiente finalizou, neste sábado (13), a primeira parte do replantio de uma área de mais de sete mil metros quadrados de área degradada na Praia do Forte, cumprindo um Termo de Ajustamento de Conduta – TAC – assinado ainda em 2014, à época da construção dos atuais quiosques.

O Plano de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD – é solicitado pelos órgãos ambientais como parte integrante do processo de licenciamento de atividades degradadoras ou modificadoras do meio. Tecnicamente, o PRAD refere-se ao conjunto de medidas que propiciarão à área degradada condições de estabelecer um novo equilíbrio dinâmico, com solo apto para uso futuro e paisagem esteticamente harmoniosa.

Para a recuperação da área, equivalente a um campo de futebol, foram usadas mudas de aroeiras e pitangueiras, produzidas especialmente para essa ação. O plantio ficou por conta da Comsercaf, que participou ativamente de todo o processo.

As aroeiras são plantas de porte médio e produzem boa sombra.  Seus frutos são popularmente conhecidos como pimenta-rosa, mas são adocicados, não picantes, e atraem diversas espécies de pássaros, principalmente o sabiá-poca ou sabiá de peito branco.

Já a pitangueira é um arbusto frutífero e ornamental, nativo da mata atlântica, conhecido principalmente pelos frutos doces e perfumados que fazem parte da cultura dos brasileiros. O nome “pitanga” é de origem tupi e significa vermelho-rubro, uma alusão à cor dos frutos maduros.

“Certamente esta é a maior ação de recuperação de uma área degradada que Cabo Frio já teve notícia. Gostaríamos de agradecer ao empenho de todos os órgãos envolvidos nesse replantio, em especial à Comsercaf, pois estamos concluindo um trabalho que deveria ter sido feito desde 2014, à época da derrubada dos antigos quiosques e da construção das novas unidades. O replantio de espécies nativas continua, porém em toda a cidade, até que a meta, estipulada pelo prefeito, Dr. Adriano, de duas mil mudas, esteja concluída”, afirmou Mario Flavio Moreira, secretário de Meio Ambiente.

Comentários Facebook

COMSERCAFDestaqueMeio AmbienteNotícias

plantioPRADPraia do Forte

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE