Profissionais da Atenção Básica de Cabo Frio recebem capacitação para o “Programa Melhor em Casa”

Programa prevê a desospitalização precoce e segura de pacientes

Enfermeiros da Atenção Básica de Saúde do distrito de Tamoios, em Cabo Frio, participaram, nesta semana, da capacitação do setor de Atenção Domiciliar do Programa “Melhor em Casa”. O treinamento teve como objetivo capacitar os profissionais de saúde, com orientação teórica e prática sobre o perfil dos pacientes que possam integrar o programa, além de esclarecer as diretrizes do mesmo.

“Estamos trabalhando em toda a rede, hospitais, Unidades de Pronto Atendimento e Unidades de Saúde capacitando e instruindo cada profissional. A intenção é fazer com que todos conheçam o trabalho do ‘Melhor em Casa’, entendam o fluxo de atendimento objetivando uma ação mais rápida e precisa para esse benefício do usuário do SUS”, explica o coordenador técnico da Atenção Domiciliar, Júnior Curcino.

O “Melhor em Casa” foi implantado em Cabo Frio no fim do mês de abril. Iniciativa do Ministério da Saúde do Governo Federal, o programa prevê a desospitalização precoce e segura de pacientes para evitar risco de infecções ou outros agravamentos do ambiente hospitalar.

Atualmente o município conta com uma equipe de 23 multiprofissionais formada por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fonoaudiólogos que atendem diariamente.

O programa reforça a diretriz do governo municipal em expandir a Atenção Básica e Domiciliar para os moradores de Cabo Frio, complementando as práticas já existentes, e não substituindo.

“Esses profissionais são responsáveis por visitar os pacientes em casa, fazendo todo o acompanhamento médico necessário, reintegrando os laços familiares e afetivos e proporcionando suporte de uma internação domiciliar. Em contrapartida, desafoga os leitos de urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais da rede. O ‘Melhor em Casa’ é mais uma ação que agrega ao serviço de saúde municipal, expandindo o atendimento dos pacientes desospitalizados de forma precoce e segura ao domicílio”, conclui o coordenador Geral do Programa, Jay Brasileiro.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.