Roda de conversa, em Cabo Frio, recebe a ONG Amigas da Mama para abordar o câncer de mama e a campanha Outubro Rosa

Encontro acontece nesta quinta (13), na sede da Assistência Social, no Jardim Esperança, às 9h

Em mais uma edição da roda de conversa do Jardim Esperança, a Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Superintendência dos Direitos da Mulher, recebe na quinta (13), a ONG Amigas da Mama, que vai abordar a prevenção ao câncer de mama e a importância da campanha Outubro Rosa. O encontro acontece na sede da Secretaria de Assistência Social do Jardim Esperança, às 9h.

“Estamos no Outubro Rosa, mês que consolidou a atenção voltada para a saúde da Mulher e a campanha do câncer de mama por todo o país. A Sudim é responsável pelas temáticas relativas aos direitos da mulher e abre os debates com esse tema para trazer mais reflexão e atenção à saúde integral da mulher”, explicou a superintendente dos Direitos da Mulher, Tânia Lopes.

Segundo ela, o convite para a ONG Amigas da Mama fomentar um dos debates da roda se deve ao fato de a organização ser referência em Cabo Frio e na Região dos Lagos, quando o assunto é câncer de mama. Além disso, a ONG integra o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) de Cabo Frio.

O encontro faz parte da programação semanal de debates elaborada pela Superintendência dos Direitos da Mulher, órgão vinculado à Secretaria de Assistência Social. O objetivo da roda é discutir temas pertinentes ao cotidiano das pessoas.

Toda semana, desde fevereiro deste ano, a Superintendência dos Direitos da Mulher tem promovido rodas de conversa com temas variados, sejam sobre os serviços prestados pela Secretaria de Assistência Social e o governo de forma geral, sejam sobre temas de relevância para a população.

Sobre a roda de conversa

Até agora, 20 temas foram discutidos nas rodas de conversa, como “Direitos das mulheres na área jurídica”, “Impacto e consequências do isolamento social da pandemia nas relações sociais e familiares”, “Quebrando o tabu: o que é pessoa com deficiência?”, “Mulher e trabalho”; “Combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”, “Esclarecimentos sobre os serviços de convivência”; “O que eleva a sua autoestima?”; “Orgulho autista”; “Atribuições do Conselho Tutelar” e “Planejamento Familiar”.

Também já foram discutidos assuntos como “Arriscar é viver”; “Potencial Coletivo”, “O que é CadÚnico”, “Três anos da Superintendência da Pessoa com Deficiência: articular e promover as garantias de direitos da PCD”, “Lei Maria da Penha – 16 anos”; “A importância do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos”, “Você não está sozinho – Valorização da vida”, “Os desafios da dependência química em meio à pandemia”, “A importância do dia 21 – Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência” e “Saúde da Mulher”.

A roda de conversa já contou com a colaboração das superintendências de Políticas Públicas de Prevenção às Drogas; da Pessoa com Deficiência e da Proteção Social Básica, além de equipes do Centro de Saúde Oswaldo Cruz, ligada à Secretaria de Saúde.

SERVIÇO
Secretaria de Assistência Social – Núcleo Jardim Esperança
Endereço: Rua Dimas Teixeira, 191
Funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 17h

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005