“Dia Mundial de Mares Limpos” é adiado para sábado (30)

Devido às más condições do tempo, a ação de conscientização ambiental “Dia Mundial de Mares Limpos”, que estava agendada para este sábado (16), na Praia do Peró, foi adiada. O evento foi remarcado para o dia 30 de junho, e acontecerá de 9h às 12h.  A ação tem o objetivo de conter o lixo nas praias e nos oceanos e vai unir trilheiros, mergulhadores, ciclistas, canoeiros, estudantes e sociedade civil em um mutirão de limpeza.


SAIBA MAIS:

Cabo Frio institui o dia 9 de julho para homenagear Sebastião Lan

“Daqui também Saí” será lançado neste sábado (16) no Charitas

Cultura promove mais um Circuito Cultural Inclusivo nesta sexta-feira (15)

A ação é promovida pelas Organizações das Nações Unidas (ONU). No Brasil ele acontece desde o ano passado coordenado pela ONU Meio Ambiente, e em Cabo Frio a realização está por conta do Bandeira Azul e da Coordenadoria Municipal de Meio Ambiente, e com o apoio da Dive Tour, Associação de Quiosqueiros da Praia do Peró, Iate Clube do Rio de Janeiro, Trilhas e Mergulho, Espaço Society e Eventos, Associação dos Moradores do Caravelas do Peró, Somar, Acqua World, Bike Night, Apae e Amigos do Peró.

De acordo com a organização, são esperadas aproximadamente mil pessoas para participar da ação que vai ser aberta ao público. A organização pede que todos estejam vestindo uma camisa na cor azul, que marca a identidade do evento. Diversas atividades serão realizadas. Trilha, com coleta de lixo no caminho; mergulho, com profissionais que vão coletar lixo no fundo do mar; canoa, que sairá às 8h15 do Canal do Itajuru em direção à Praia do Peró; passeio ciclístico com a equipe do Bike Night, além de ações ambientais na área da praia, como plantio de mudas e coleta de microlixo. Três escolas da rede Municipal no Peró participarão do evento. Serão montadas tendas na areia e instaladas bandeiras para sinalizar os pontos onde as equipes vão atuar.

Para que tudo ocorra dentro do horário estipulado, o grupo de trilhas pretende dividir os 100 trilheiros (entre eles estudantes e moradores, com apoio de profissionais) em dois grupos de 50 pessoas para limpar a restinga da orla do Peró. Enquanto isso, mergulhadores profissionais farão a coleta no fundo do mar, com apoio de barcos para recolher o lixo. Já as canoas havaianas começarão a limpeza antes mesmo de chegar na praia, durante o trajeto, a partir do Canal do Itajuru. Estudantes da Universidade Veiga de Almeida registrarão tudo em fotos e vídeos para ajudar na catalogação de todos os materiais que forem recolhidos.

Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: