Áreas ambientais do município são vistoriadas pela Secretaria de Desenvolvimento

02/08/2018

A Secretaria de Desenvolvimento da Cidade, por meio dos coordenadores de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira e de Assuntos Fundiários, Ricardo Sampaio, fez, nesta quarta-feira (01) uma vistoria das áreas ambientais do 1º e 2º Distritos de Cabo Frio, com o objetivo de traçar uma estratégia de ação diferenciada para cada uma delas.

Um dos focos da operação foram as Falésias da Rasa, que recentemente voltaram a pertencer ao município de Cabo Frio.  Outro local que mereceu uma vistoria mais detalhada foi o Parque do Mico Leão Dourado, que vem sendo alvo constante de grileiros de terra.

Logo no início da fiscalização, na Estrada do Guriri, os coordenadores encontraram anúncios de venda de lotes em área pública, no mesmo local de onde haviam sido retirados, na semana passada durante ação das equipes de fiscalização. As placas foram novamente retiradas e o responsável, que já havia sido notificado anteriormente, agora vai responder criminalmente pela infração.

Nas Falésias da Rasa, localizadas no bairro Maria Joaquina, foram flagradas construções irregulares dentro da Área de Proteção Ambiental.  Seguindo orientação do Ministério Público Estadual, as construções serão demolidas para a retomada da área.

Para o coordenador de Assuntos Fundiários da secretaria de Desenvolvimento, Ricardo Sampaio, o momento é de ações drásticas. “Todas as vezes que fazemos ronda nestas áreas, são constatadas irregularidades.  Casas que foram demolidas são reerguidas da noite para o dia. Vamos reforçar a fiscalização neste sentido", enfatizou.

A boa notícia veio do Parque do Mico Leão Dourado, reserva ambiental pertencente ao município de Cabo Frio. O local passa por  reestruturação e revitalização, com fiscalização intensiva para coibir o desmatamento e a ocupação irregular, fiscalização contra a retirada irregular de areia e a recuperação de áreas públicas invadidas. Durante a vistoria, os coordenadores foram surpreendidos pela presença de uma família inteira de micos leões dourados, o que significa que as ações feitas no local estão surtindo o efeito esperado.

“Pudemos observar a regeneração de algumas áreas que haviam sido objeto de supressão da vegetação, e em um curto espaço de tempo. Isso reforça a nossa intenção de reabrir, em breve, a sede do Parque. Temos que aproveitar que a natureza está respondendo as nossas ações e reforçar ainda mais a vigilância e os cuidados com esta área”, comemorou o coordenador de Meio Ambiente da secretaria de Desenvolvimento, Mario Flavio Moreira.

As ações nas áreas públicas e de proteção ambiental continuarão sendo diárias e intensivas.  A população pode denunciar crimes ambientais pelo e-mail cogemacabofrio@gmail.com ou pelo telefone (22) 99242-3041.  Para crimes de ocupação de áreas de proteção ambiental ou pública, o e-mail é cogeafcabofrio@gmail.com. O anonimato da denúncia é garantido.