Prefeitura atua para minimizar estragos e restaurar ordem no primeiro e segundo distritos


Equipes de diversas Secretarias e Departamentos da Prefeitura de Cabo Frio atuam em conjunto neste domingo (19) para minimizar os problemas causados pela chuva que caiu na cidade desde a noite de quinta-feira (16). Continuam os trabalhos de limpeza, drenagem dos bolsões de água, corte de árvores, interdição de locais de risco e socorro às vítimas de alagamentos.

Atendimento aos chamados de emergência

A Defesa Civil continua de plantão para os chamados de emergência pelos telefones 199 e 99958-0199.

No sábado, foram recebidos 38 chamados. No domingo, até o fim da tarde, o órgão registrou 23.

Entre os casos atendidos neste domingo, houve queda de parte de um muro no bairro Reserva do Peró e também de um em construção no Jardim Olinda .

A Secretaria de Assistência Social tem uma equipe de sobreaviso, caso haja necessidade de alojar desabrigados.

Ordem Pública em regime de plantão

Equipes da Secretaria de Ordem Pública atuaram, desde o sábado (18), em 15 pontos considerados de vulnerabilidade. O objetivo foi dar apoio, orientação e fazer desvios, em caso de necessidade.

A ação contou 30 homens, tanto do efetivo de serviço do dia como também da equipe extra, prevista para operações noturnas. A operação teve apoio de dois veículos do setor de Postura.

O grupo atuou das 14h do sábado até as 2h da manhã deste domingo. Não ocorrendo chuva nesse período, os agentes retornaram ao patrulhamento normal.

A equipe também contou com dez agentes da Guarda Maritima do plantão e ainda outros dez ficaram de sobreaviso para qualquer emergência.

Defesa Civil interdita locais com risco de deslizamento

A Defesa Civil de Cabo Frio interditou dois pontos da cidade onde há risco de deslizamento.

Um deles é a Avenida Wilson Mendes, no trecho próximo ao Dormitório das Garças. A Defesa Civil orienta para a população evite trafegar nessa via, porque ainda há risco de deslizamento no ponto que foi interditado.

Outro local que apresenta esse risco é a encosta que fica próxima à ponte Feliciano Sodré, de onde desceram pedras. A área também foi isolada.

No distrito de Tamoios, parte da orla foi interditada porque uma parte da calçada cedeu devido às ressaca do mar.

Forte São Mateus tem área isolada

A Guarda Maritima e Ambiental isolou parte do Forte São Mateus. O motivo é que o mar está muito bravo, atingindo a ponte que dá acesso ao Forte. Algumas pedras chegaram a se desprender do Costão. Por isso a Guarda Maritima orienta para que as pessoas não aproximem da encosta, seja para pescar, tirar fotos ou passear, já que a risco de que outras pedras se desprendam.

Prefeito busca apoio do Governo Estadual e governador visitará região na próxima semana

O prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, foi até a capital neste domingo (19) junto com prefeitos de outros municípios da Região dos Lagos, com o objetivo de buscar apoio para solucionar ou amenizar os estragos causados pelas chuvas na região.

Na ocasião, o governador Wilson Witzel informou que vai sobrevoar a região na próxima quinta-feira (23) e vai oferecer todo o apoio necessário aos municípios afetados pela chuva.

“Tivemos uma agenda muito positiva no Rio. Quero agradecer a atenção que nos foi dada pelo governador nesse momento em que essa chuva torrencial atingiu vários municípios”, afirmou o prefeito.

COMSERCAFDestaqueFiscalização de PosturasGovernoNotíciasObrasOrdem Pública

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE