Secretaria do Meio Ambiente retoma plantio na Praça Porto Rocha


A prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, continua a ação de plantio de espécies nativas na Praça Porto Rocha, dentro do Programa “Praça Verde”, que tem como objetivo resgatar o ar bucólico da Praça Porto Rocha, recuperando sua vegetação e realizando a manutenção das espécies presentes nos canteiros.

A ação de plantio começou no Dia da Árvore, quando foi anunciada a intenção de plantar duas mil mudas de espécies nativas em ruas e avenidas da cidade.  A Praça Porto Rocha já havia recebido exemplares de Pau Brasil que já dobraram de tamanho.  Agora foi a vez de preencher os canteiros, intercalando mudas de clúsias e ixoras.

Nativa do litoral do Rio de Janeiro, a clúsia tem porte de arbusto, podendo atingir 6 metros de altura se não for podada. Sua folhagem é bastante ornamental, apresentando folhas rígidas, brilhantes em forma de gota. Ela tem uma característica interessante: é capaz de absorver gás carbônico durante a noite, tendo assim uma fotossíntese mais eficiente e uma grande proteção contra a desidratação. Tem ampla utilização paisagística, sendo excelente para a implantação de cercas vivas e resistentes, principalmente no litoral, onde outras plantas encontram dificuldade em se adaptar.

Já a ixora é um arbusto muito apreciado nas regiões de clima quente. Seu aspecto é compacto e suas folhas têm uma textura de couro. A floração ocorre na primavera e verão, e apresenta inflorescências com numerosas flores de cor amarela, vermelha, laranja ou cor-de-rosa e atrai polinizadores.

A palmeira Bismark atinge diâmetros entre 30 a 45 cm, e alcança 25 metros de altura, embora geralmente não ultrapasse 12 metros. As folhas são grandes, eretas, cerosas, em número de 15 a 20, com formato de leque, palmadas, de cor azul prateada.

“Esta ação só está dando certo pelo empenho e parceria que conseguimos com a Comsercaf, que é quem realmente cuida das plantas no dia a dia. As espécies escolhidas, além de serem nativas, proporcionam sombra e são resistentes.  Nosso objetivo é resgatar a Praça Porto Rocha como um local de convívio social, bucólico, arborizado, com sombras permanentes, trazendo de volta a velha tradição da conversa no banco da praça e, ao mesmo tempo, criando mais um “pulmão” verde em meio a uma das áreas mais urbanizadas da cidade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira.

A Praça Porto Rocha ainda receberá o plantio de espécies que proporcionam flores coloridas, antes da Festa da Padroeira, para que esteja, novamente à altura da cultura e da tradição cabo-frienses.

DestaqueMeio AmbienteNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE