Assistência Social convoca para assembleia ordinária do Comud-PCD

A Secretaria de Assistência Social (Semas) convoca para assembleia do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comud-PCD). O encontro será quinta-feira, dia 21, às 9h, na sala Vip da Semas, no Braga, para escolha de novos membros e diretores. A convocação atende à lei nº 2.615, de 26 de dezembro de 2014, e estão aptos a participar os membros candidatos a conselheiros e o público em geral.


SAIBA MAIS:

Prefeitura convoca beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida para assinatura de contrato

Assistência Social promove IV Encontro dos Trabalhadores Suas

Mutirão do Cras Rosa Brandão bate recorde de atendimentos

“Toda pessoa tem o direito de viver sem o “pré-conceito”, ou seja, livre deste estigma que leva as pessoas sofrerem perda de seus direitos, que são garantidos pela nossa Constituição Federal. O Comud-PCD vem justamente garantir estes direitos, através de seus conselheiros e diretoria que trabalham em prol desta população”, explicou a assistente social Nilzete Nilzete de Oliveira, secretária executiva do Comud-PCD.

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comud-PCD) é uma instância superior de caráter deliberativo colegiada, de natureza permanente, autônomo, forte e imune às mudanças de natureza política. O objetivo principal é a implantação e defesa dos direitos da pessoa com deficiência com capacidade de interiorização das ações, dispondo de autonomia administrativa e financeira.

As atribuições e competências do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência são:

– Zelar pela efetiva implantação, defesa e promoção dos direitos da pessoa com deficiência;

– Formular diretrizes e promover planos, políticas e programas nos segmentos da administração local/regional para garantir os direitos e a integração da pessoa com deficiência;

– Acompanhar o planejamento e avaliar a execução, mediante relatórios de gestão, das políticas e programas setoriais de educação, saúde, trabalho, assistência social, transporte, cultura, turismo, desporto, lazer, política urbana e outras que objetivem a integração da Pessoa com deficiência;

– Opinar e acompanhar a elaboração de leis municipais que tratem dos direitos da pessoa com deficiência;

– Recomendar o cumprimento e divulgar as leis estaduais e municipais ou qualquer norma legal pertinentes aos direitos das pessoas com deficiência;

– Propor a elaboração de estudos e pesquisas que objetivem a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência;

– Propor e incentivar a realização de campanhas visando à prevenção de deficiências e a promoção dos direitos da pessoa com deficiência;

– Receber e encaminhar aos órgãos competentes as petições, denúncias e reclamações formuladas por qualquer pessoa ou entidade quando ocorrer ameaça ou violação de direitos da pessoa com deficiência assegurada nas leis e na Constituição Federal, exigindo a adoção de medidas efetivas de proteção e reparação.

Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: