Cabo Frio está entre os 148 municípios do país cadastrados no sistema de emissão de alertas da Defesa Civil

Cidade é a única da região em que o cidadão poderá emitir alertas de desastres naturais via WhatsApp

O município de Cabo Frio é uma das 148 cidades do país cadastradas na plataforma Interface de Divulgação de Alertas Públicos (Idap), gerida pela Defesa Civil Nacional, para emitir alertas de desastres naturais para a população diretamente da conta oficial no WhatsApp.

O Brasil é o primeiro país do mundo a enviar alertas de desastres da Defesa Civil pelo aplicativo de mensagens. Pioneira, a iniciativa é fruto de uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Regional; a Meta, empresa que gere o WhatsApp; e a Robbu, empresa especializada em soluções de automação de comunicações.

Atualmente, a população brasileira já recebe alertas de desastres por outros meios, inclusive SMS, Telegram, TV por assinatura e, também, pelo Google. O envio dos alertas aos cidadãos tem como objetivo desenvolver a percepção de risco pela população e, consequentemente, prevenir ocorrências graves.

Em casos de alagamentos, por exemplo, dicas simples podem evitar acidentes e reduzir danos materiais. É o caso das seguintes orientações que poderão ser encaminhadas pelas defesas civis locais: “Nunca atravesse pontes, ruas ou avenidas alagadas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois a força da água poderá arrastá-lo” e “Se for imprescindível trafegar, tenha cuidado redobrado com buracos e bueiros sem tampas ou encobertos pela água”.

COMO SE CADASTRAR

Para ter acesso ao serviço, é necessário se cadastrar pelo telefone (61) 2034-4611, pelo link https://api.whatsapp.com/send/?phone=556120344611&text&type=phone_number&app_absent=0 ou pelo QR Code, e, em seguida, interagir com o chatbot (robô de atendimento), enviando um simples “Oi”. Após essa primeira interação, o usuário poderá compartilhar sua localização atual ou escolher qualquer outra do seu interesse e, dessa forma, receber as mensagens que serão encaminhadas pelos órgãos locais de Defesa Civil.

Após o envio de qualquer mensagem pelo usuário, o robô encaminhará a pergunta se a pessoa deseja receber os alertas da Defesa Civil. Se sim, será disponibilizado no chatbot os termos de uso e política de privacidade, que regulamentam o projeto, e o pedido para que o usuário aceite as condições para prestação do serviço.

Na sequência, será solicitado ao usuário que envie a localização para a qual deseja receber os alertas. Podem ser cadastradas várias localizações diferentes, pensando nos lugares que frequenta; que deseja monitorar ou mesmo se for fazer alguma viagem.

São três diferentes possibilidades para o cadastro das localizações: a pessoa pode compartilhar a localização na mensagem (toque em Anexar > Localização); digitar o CEP e clicar em enviar ou, simplesmente, digitar o nome do município e enviar. Essas áreas de interesse podem ser editadas a qualquer momento.

O superintendente da Defesa Civil de Cabo Frio, Marcus Dothavio, destaca a importância da população se cadastrar na plataforma.

“Os avisos serão gerenciados por órgãos estaduais e municipais por meio da plataforma Idap, que é mantida pelo órgão nacional desde 2017. Neste canal, a população pode receber alertas sobre chuvas intensas, vendavais e qualquer outro desastre natural. Serão dicas simples e importantes, que podem alertar o cidadão evitando acidentes”, finaliza Marcus Dothavio.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005