Cabo Frio promove ações sobre a importância do diagnóstico precoce da Aids

Dia de Luta Contra a Aids, nesta quarta-feira (1º), alerta para a necessidade da prevenção, diagnóstico e tratamento

Com o tema “40 anos de HIV, Conquistas e Desafios”, a Prefeitura de Cabo Frio vai promover ações ligadas à Campanha Mundial de Luta Contra à Aids, data celebrada nesta quarta-feira (1º). Para abordar o tema, a equipe do Hospital Dia, da Secretaria de Saúde vai realizar, no dia 8 de dezembro, das 9h às 14h, um seminário na Universidade Estácio de Sá.

Para falar sobre o programa de atendimento aos pacientes e dos avanços científicos nos últimos 40 anos, a infectologista e coordenadora técnica do Programa de IST Aids e Hepatites Virais do município, Aparecida Castorina, fará a abertura do evento. Em seguida, o jornalista e autor do livro “Confissões de um anjo sem asa”, Janderson Felicíssimo, irá falar sobre como viver com a doença.

O evento também conta com o apoio da Superintendência de Políticas Públicas LGBTI+, e seguirá o protocolo de prevenção contra o coronavírus.

Atualmente a Secretaria de Saúde atende e acolhe os pacientes com HIV no Hospital Dia, em São Cristóvão. Por mês, são assistidos cerca de 1.200 pacientes que recebem a medicação e o tratamento para o controle da doença. Neste ano, foi identificado um aumento de 15% no número de pacientes que estão em tratamento pela rede de saúde municipal. Para controle, diagnóstico precoce e prevenção, a Prefeitura disponibiliza testes rápidos para detecção da doença nas Estratégias de Saúde da Família (ESF), Hospital da Mulher, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Centro de Assistência Psicossocial (CAPS).

Os testes também são realizados no Hospital Dia, localizado na Rua Expedicionários da Pátria, s/nº, São Cristóvão (atrás do Hospital Municipal São José Operário), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A unidade, que é referência no tratamento de infecções sexualmente transmissíveis (IST), HIV/Aids e hepatites virais, oferece a testagem gratuitamente para diagnóstico de HIV, sífilis, hepatites B e C. Quem quiser fazer o teste basta ir até uma dessas unidades de saúde. O exame é gratuito e o resultado sai em 30 minutos.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.