Paulinho da Viola festeja grandes sucessos na Praia do Forte, em Cabo Frio

Pela segunda vez na cidade, o cantor fez seu primeiro show após completar 80 anos de idade

Paulinho da Viola festejou os 407 anos de fundação de Cabo Frio em grande estilo, na noite desta sexta-feira (18). Em show que havia sido adiado por causa das fortes chuvas, o artista subiu ao palco, montado na Praia do Forte, às 21h30. O cantor levou seus grandes sucessos para o público que festejou os 80 anos recentemente completados pelo artista.

Das 22 músicas cantadas e tocadas por ele, “Argumento”, “Nervos de aço”, “Pecado capital”, “Coração leviano” e “Timoneiro” foram cantadas em coro pelo público presente. Também chamou a atenção a participação da filha de Paulinho da Viola, Beatriz Rabello, que cantou quatro músicas com o pai, finalizando 1h30 de show com “Foi Um Rio Que Passou Em Minha Vida”.

Não foi a primeira vez que Paulinho toca na cidade. O artista já esteve em Cabo Frio em 31 de outubro de 1982, na entrega da duplicação da Ponte Feliciano Sodré, obra realizada na época pelo prefeito José Bonifácio. O show foi uma parceria com o conjunto vocal e instrumental brasileiro MPB 4.

Antes de subir ao palco, o prefeito José Bonifácio entregou para Paulinho da Viola a miniatura de uma embarcação feita por um artista cabo-friense, presenteando o artista momentos antes da Praia do Forte ser presenteada com sua voz suave e gentil.

Neste sábado (19), a partir das 16h, o cantor e compositor Péricles fecha a programação dos 407 anos de Cabo Frio com um show na Praia do Pontal, em Tamoios, abrilhantando mais ainda o pôr do sol do distrito.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005