Pré-cadastro da Moeda Social Itajuru, em Cabo Frio, para comerciantes do Tangará inicia na segunda (26)

Equipes da Prefeitura vão visitar estabelecimentos comerciais e cadastrar os interessados em receber a moeda

A Prefeitura de Cabo Frio inicia na segunda-feira (26) o pré-cadastro de comerciantes do Tangará interessados em aderir à Moeda Social Itajuru, programa municipal de transferência de renda. O bairro será o próximo a receber o projeto.

A equipe visitará os estabelecimentos e fará uma ficha com os interessados. Para se cadastrar, os comerciantes devem apresentar CNP;, identidade e CPF do proprietário; comprovante de endereço do estabelecimento; e conta bancária.

A estimativa é de que o trabalho seja realizado durante toda a próxima semana no bairro. Atualmente, o programa conta com 1.500 famílias atendidas com 200 itajurus mensais cada, equivalentes a R$ 200, e 112 comércios cadastrados.

A expansão para o Tangará será a terceira realizada pela Prefeitura, desde que o programa foi iniciado no município. Atualmente, a Moeda Social atende 500 famílias do bairro Manoel Corrêa, onde foi lançada como projeto-piloto em outubro de 2021, e conta com 46 comércios cadastrados.

Na sequência, o programa passou a atender, a partir de março de 2022, a área que abrange os bairros Boca do Mato, Monte Alegre, Porto do Carro e parte da Vila do Ar, denominado expansão I, com mais 500 famílias beneficiadas e 44 estabelecimentos vinculados.

A segunda expansão beneficiou 500 famílias em Maria Joaquina, em Tamoios, em julho deste ano, com 22 comércios cadastrados. Em todas os locais de implementação do programa, a maior parte da renda foi utilizada para gêneros alimentícios e farmácia.

Últimas Notícias