Prefeitura de Cabo Frio expande Moeda Social Itajuru e mais 500 famílias são beneficiadas

Moradores dos bairros Monte Alegre, Boca do Mato, Porto do Carro e adjacências passaram a ser atendidos com a transferência de renda mensal

O projeto de transferência de renda Moeda Social Itajuru foi ampliado e já está beneficiando mais 500 famílias em Cabo Frio. Na cerimônia de lançamento da fase de expansão, que aconteceu nesta terça-feira (29), na Escola Municipal Professora Catharina da Silveira Cordeiro, no Monte Alegre, os cartões foram entregues aos novos beneficiários já carregados com 200 itajurus, o equivalente a R$ 200. A nova fase da Moeda atende moradores do Monte Alegre, Boca do Mato, Porto do Carro e adjacências.

O evento reuniu autoridades políticas, moradores das localidades e comerciantes cadastrados para o uso da moeda. Com a expansão, a Prefeitura de Cabo Frio passa a beneficiar 1.000 famílias.

“Agradeço a Deus a oportunidade de estar realizando a Moeda Social Itajuru. A Moeda é fruto do trabalho em equipe, é uma política que tira famílias da situação de fragilidade. Cada beneficiário está recebendo o cartão porque merece e precisa. Depois de lançarmos o programa no Manoel Corrêa e trazermos esse benefício para a segunda fase, nosso objetivo é que o próximo local atendido seja Tamoios”, disse o prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio.

Antes da solenidade, uma série de atividades de esporte e lazer foram realizadas na quadra da unidade escolar. O público pôde participar de aulas de funcional e zumba, além de acompanhar uma demonstração com a Associação de Karatê Giovane Oliveira (AKGO).

Os beneficiários do projeto de transferência de renda cumpriram os requisitos de cadastro para que fossem atendidos, como o registro no CadÚnico. Nesta terça, 445 cartões foram entregues. Quem não retirou o cartão pode procurar a sede da Secretaria de Assistência Social a partir do dia 31 de março.

Na nova área de expansão, 17 comerciantes estão cadastrados para realizar vendas com o Cartão Itajuru. Comerciantes que quiserem se cadastrar também podem procurar a sede da Secretaria Municipal de Assistência Social.

“A Moeda Social Itajuru saiu do papel após ser projetada e desejada por muitas pessoas. A transferência de renda é uma obrigação do governo, um direito que muda a vida do cidadão”, destacou a secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti.

Após cinco meses do lançamento no Manoel Corrêa, o prefeito José Bonifácio, a secretária Nilza Miquelotti e o coordenador da Moeda Itajuru, Adriano Brisola, receberam uma placa comemorativa do Instituto E-Dinheiro, pela implantação do projeto de forma eficaz e célere. Representando os novos beneficiários, a moradora do Monte Alegre, Deise Lucid, subiu ao palco para receber o primeiro cartão.

“Muitas famílias do Monte Alegre, e das outras áreas serão ajudadas com a Moeda Social Itajuru. Estou muito grata pelo benefício ter chegado no meu bairro. Tenho certeza que isso está acontecendo porque o trabalho foi feito por uma equipe que andou de mãos dadas. Quando se quer, acontece e se torna possível”, comentou a moradora.

Manoel Corrêa movimenta quase R$ 480 mil

Em cinco meses de implantação da Moeda Social Itajuru no bairro Manoel Corrêa, completados nesta terça-feira (29), foram movimentados R$ 476,4 mil em 48 comércios cadastrados. Mais de 90% do valor total foi gasto com alimentos. Os valores restantes foram investidos em farmácia, comércio varejista, serviços, construção civil e gás.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.