Categorias
Destaque Notícias PROCON

Procon de Cabo Frio organiza mutirão de renegociação com a Enel nesta terça (26)

Consumidores podem negociar dívidas e quitá-las em até 24 vezes sem juros

Nesta terça-feira (26) o Procon de Cabo Frio promoverá um mutirão de renegociação de dívidas com a Enel. Na ação, os consumidores (residenciais e rurais) que estiverem inadimplentes com a concessionária de energia elétrica há mais de 90 dias poderão renegociar as dívidas e pagá-las em até 24 vezes sem juros.

O mutirão acontecerá das 9h às 17h, na sede do Procon, na Rua Florisbela Rosa da Penha, nº 292, no Braga. O atendimento será somente para quem fez agendamento até a última sexta-feira (22), informando nome completo, CPF e número do cliente que pode ser encontrado na fatura.

Por conta da crise financeira causada pela pandemia da covid-19, atualmente existem mais de 1 milhão e 200 mil consumidores inadimplentes com concessionária em todos os 66 municípios do estado do Rio de Janeiro que são atendidos pela Enel.

“Em razão da pandemia, após uma decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Enel não podia cortar a energia dos cidadãos inadimplentes. Como essa decisão chegou ao fim no início deste mês, para que os consumidores não sejam lesados vamos promover esse mutirão para evitar a suspensão do serviço de energia”, afirmou a secretária adjunta de Defesa do Consumidor, Cláudia Tavares.

Categorias
Destaque Notícias PROCON

Procon de Cabo Frio promove mutirão de renegociação com a Enel

Consumidores podem negociar dívidas e quitá-las em até 24 vezes sem juros

No próximo dia 26 de outubro o Procon de Cabo Frio promoverá um mutirão de renegociação de dívidas com a Enel. Na ação, que acontecerá das 9h às 17h, na sede do Procon, os consumidores (residenciais e rurais) que estiverem inadimplentes há mais de 90 dias com a concessionária de energia elétrica, poderão renegociar as dívidas e pagá-las em até 24 vezes sem juros.

Para ser beneficiado pelo mutirão, o consumidor deve entrar em contato com o Procon até o dia 22 de outubro, por meio do telefone (22) 2645-4799, ou pelo e-mail procon@cabofrio.rj.gov.br, informando nome completo, CPF e número do cliente, que pode ser encontrado na fatura.

Muito por conta da crise financeira causada pela pandemia da covid-19, atualmente existem mais de 1 milhão e 200 mil consumidores inadimplentes com a empresa em todos os 66 municípios do estado do Rio de Janeiro.

“Em razão da pandemia, após uma decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Enel não podia cortar a energia dos cidadãos inadimplentes. Como essa decisão chegou ao fim agora, no início de outubro, para que os consumidores não sejam lesados vamos promover esse mutirão para evitar a suspensão do serviço de energia”, afirmou a secretária adjunta de Defesa do Consumidor, Cláudia Tavares.

O Procon de Cabo Frio fica na Rua Florisbela Rosa da Penha, nº 292, no bairro do Braga.

Categorias
Assistência Social Destaque Notícias

Moradores de Cabo Frio podem reduzir a conta de luz em até 65%

Benefício da Tarifa Social é oferecido aos clientes residenciais de baixa renda

Moradores de Cabo Frio que sejam clientes da Enel podem obter um desconto de até 65% na conta de luz. O benefício é concedido pelo Governo Federal através do programa Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), criado pela lei federal n° 10.438, publicada em 26 de abril de 2002, beneficiando clientes residenciais considerados de baixa renda.

De acordo com a concessionária de energia elétrica Enel, o desconto é aplicado de modo cumulativo e varia de acordo com a faixa de consumo da instalação, limitados a até 220 kWh. Desta forma,quanto menor for o consumo, maior será o desconto, conforme a seguinte tabela:
• Consumo mensal até 30kWh – 65% de desconto;
• Consumo mensal de 31 kWh a 100 kWh – 40% de desconto;
• Consumo mensal de 101 kWh a 220 kWh – 10% de desconto;
• Consumo superior a 220 kWh – 0%

ADESÃO À TARIFA SOCIAL

Para aderir ao programa Tarifa Social, o cliente residencial da Enel precisa atender a pelo menos um dos seguintes critérios: família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo nacional; idosos com 65 anos ou mais, pessoas com deficiência que recebam o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) ou família inscrita no CadÚnico com renda mensal de até três (3) salários-mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência (física, motora, auditiva, visual, intelectual e múltipla) cujo tratamento requeira o uso continuado de aparelhos que para o seu funcionamento demandem consumo de energia.

Para se inscrever no CadÚnico, basta o consumidor procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência. Quem já está inscrito, pode solicitar o benefício por meio da Central de Relacionamento (0800 28 00 120) ou WhatsApp Elena (21) 99601-9608. A adesão à Tarifa Social será informada pela concessionária por meio de mensagem na conta de luz, e a não “efetivação” será reportada ao cliente por correspondência.

Caso o cliente queira realizar a solicitação presencialmente na loja da Enel, deve fazer agendamento prévio por meio do site (www.enel.com.br) ou pelo aplicativo de celular “Enel Rio”.

Os clientes que já são beneficiários do programa Tarifa Social devem estar atentos para manter os seus dados atualizados e não perder o desconto na fatura. O recadastramento é obrigatório a cada dois anos, ou quando houver qualquer mudança como endereço. Para manter o cadastro atualizado, é preciso procurar a unidade do CRAS mais próxima de casa.

Categorias
Assistência Social Destaque Notícias

Prefeitura de Cabo Frio e Enel dão início ao cadastro para o programa “Tarifa Social Baixa Renda”

Ação teve início nesta segunda-feira (10) e continua na terça-feira (11) no Centro de Referência em Assistência Social de Tamoios

A Prefeitura de Cabo Frio e a concessionária Enel deram início, nesta segunda-feira (10), ao cadastramento das famílias que serão beneficiadas pelo programa “Tarifa Social Baixa Renda”, que oferece descontos de até 65% na conta de energia elétrica. A ação começou por Tamoios, e segue nesta terça-feira, das 10 às 15h, nas dependências do Centro de Referência em Assistência Social do segundo distrito.

O cadastro será feito por uma equipe técnica da Enel. Podem participar pessoas inscritas no Cadastro Único com renda familiar mensal (por pessoa) menor ou igual a meio salário-mínimo (R$ 550). Idosos ou pessoas com deficiência que estejam cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e tenham renda familiar de até R$ 275 também poderão participar do Programa.

Também podem se inscrever famílias inscritas no Cadastro Único com renda de até três salários mínimos, desde que tenham em casa alguma pessoa portadora de doença ou patologia em que o tratamento necessite do uso continuo de equipamentos ligados à energia (cliente vital). Neste caso, segundo Gisele Costa, agente comunitária da Enel, o cliente vital já deverá ter o cadastro realizado junto à concessionária.

Secretária-Adjunta da Assistência Social em Tamoios, Patrícia Sena explicou que indígenas que não possuam documento de identidade ou CPF também poderão se cadastrar apresentando o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI). O mesmo registro, segundo a Enel, também serve para quilombolas que não tenham esses documentos pessoais.

FAMÍLIAS DO PRIMEIRO DISTRITO TAMBÉM SERÃO BENEFICIADAS

“As famílias do primeiro distrito que estejam em situação de vulnerabilidade social, e atendam aos requisitos da Enel, terão o cadastramento agendado para os dias 17 e 19 de maio. O atendimento será no CRAS volante Rosa Brandão e no CRAS do Jardim Esperança, respectivamente, das 10 às 15 horas”, informou Nereida Furtado, superintendente da Proteção Social Básica. Ela também informou que a previsão de atendimento da Enel nos demais CRAS do município é para o início do segundo semestre.

Categorias
Destaque Educação Notícias

Projeto socioeducativo alerta população para consumo consciente de energia

Nesta segunda-feira (27), a Coordenadoria Geral de Ciência, Tecnologia e Inovação (Cogetei) esteve presente no CIEP 458 Hermes Barcelos, no bairro Jardim Esperança, para o primeiro dia da semana “Enel compartilha consumo consciente”. Até a próxima quinta-feira (30), a Coordenadoria e a concessionária de energia realizarão atividades para incentivar e orientar a população para o consumo de energia de forma sustentável, eficiente e segura.

 

Durante a ação, é utilizado um simulador para demonstrar o consumo nos diferentes ambientes domésticos e os impactos do desperdício de energia.O projeto socioeducativo oferece nas palestras e oficinas dicas sobre economia e uso seguro de energia, sustentabilidade e meio ambiente. Além disso, as atividades ensinam a interpretar a conta de luz, além de alertar para os direitos e deveres da população.

 

No evento há troca de lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por lâmpadas de LED. Para efetuar a troca, o adulto (a partir dos 18 anos) deverá apresentar uma fatura da conta de luz do mês de julho ou agosto (não precisa estar paga).

 

A programação dos próximos dias (28, 29 e 30) contará com palestra comunitária, às 9h30; oficina para mulheres, às 13h30; e palestra sobre o uso seguro da energia, às 15h30.