Categorias
Destaque Educação Notícias

Profissionais da Educação de Cabo Frio receberão nova formação para o uso da ferramenta Google Sala de Aula

Encontros virtuais acontecerão nos dias 1 e 2 de julho e são destinados aos professores regentes e equipes de assessoramento pedagógico da rede municipal

A Secretaria de Educação de Cabo Frio vai oferecer nova formação sobre a plataforma de ensino Google Sala de Aula. O treinamento vai acontecer nos dias 1 e 2 de julho, por meio de encontros virtuais às 10h ou 14h.

Os encontros virtuais estarão disponíveis para os professores regentes e as equipes de assessoramento pedagógico das unidades escolares que fizeram inscrição até o meio-dia desta quarta-feira (30). A carga horária será de duas horas e serão abertas 92 vagas por turma:

  • Dia 01/07 – Turma 1 – 10h ou 14h – 01/07 – Formação de Gestão em Google Sala de Aula (GSA) – Turma 1
  • Dia 02/07 – Turma 2 – 10h ou 14h – 02/07 – Formação de Gestão em Google Sala de Aula (GSA) – Turma 2

O curso tem como objetivo fornecer ferramentas aos professores recém contratados por meio do Processo Seletivo Emergencial, na utilização do aplicativo. As aulas serão práticas, portanto é recomendado que o participante inscrito utilize notebook e celular.

A ferramenta será utilizada como um dos recursos de continuidade do ensino remoto ou mesmo de implementação do ensino híbrido, assim que este seja possível. Os recursos do Google Sala de Aula são uma importante forma de comunicação com os alunos para apresentação de conteúdos, disponibilização de atividades, de vídeo-aulas e encaminhamento de dúvidas.

Os temas abordados serão como acessar o GSA; conhecer o layout do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); criar, editar e configurar as turmas; arquivar e excluir turmas; como adicionar alunos e professores; criar tópicos; adicionar materiais; como criar uma atividade utilizando o Google Formulários e configurar a correção automática.

O Google Sala de Aula é um sistema de gerenciamento de conteúdo para escolas que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos. Ele já está ativo com a criação de mais de mil turmas, onde os estudantes, desde a educação infantil ao ensino médio, serão inseridos para acompanhamento das atividades.

Haverá certificação para os inscritos, e caso a procura seja maior que o número de vagas disponíveis, será utilizada como critério de escolha a ordem de inscrição.

Categorias
Destaque Educação Notícias

Rede Municipal de Cabo Frio inicia ano letivo de 2021 com atividades não presenciais

Alunos podem acessar as plataformas da Secretaria de Educação e do Google para ter acesso aos conteúdos pedagógicos

Em Cabo Frio o ano letivo de 2021, nas escolas da rede municipal, teve início nesta segunda-feira (24). Por conta da pandemia do coronavírus, as aulas acontecem de forma não presencial. Para isso, os 30.407 alunos matriculados já têm acesso às atividades em dois ambientes virtuais: na plataforma da Secretaria Municipal de Educação e no Google Sala de Aula. Para quem não tem acesso à internet, foi disponibilizado conteúdo pedagógico na versão impressa. O material pode ser retirado na escola onde a criança está matriculada.

De acordo com a superintendente pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio, Janeide Gondim, os estudantes podem acessar as plataformas virtuais em qualquer horário do dia. Lá estarão disponíveis as atividades, os links de aulas gravadas e também conteúdos complementares. A escolha da plataforma, segundo ela, depende da realidade da escola e da comunidade

“Já os professores estão atuando no horário de trabalho, realizando a mediação das atividades nas plataformas. Essas mediações são o momento em que o professor terá contato com os alunos, via plataformas digitais. Esse atendimento será em horário fixo, e amplamente divulgado aos alunos e responsáveis”, explica Janeide.

A superintendente orienta que todos os pais mantenham os dados pessoais e os números dos telefones atualizados nas escolas.

“Isso é importante porque a direção dos colégios manterá contato com todos via WhatsApp, garantindo assim a comunicação entre a escola e a comunidade”, finaliza Janeide.

REDE MUNICIPAL AINDA POSSUI VAGAS REMANESCENTES

A rede municipal de ensino ainda possui vagas disponíveis da creche ao 9º ano, para o primeiro distrito. De acordo com a Secretaria de Educação, as oportunidades são remanescentes do processo de efetivação para o ano letivo de 2021. Para matricular o aluno, basta um dos pais, ou responsável, se dirigir à escola mais próxima que atende o segmento que a criança vai cursar.

Em Tamoios, a efetivação da matrícula continua sendo realizada no sistema de lista de espera, em que os pais se inscrevem através do link: https://listadeespera.semecabofrio.rj.gov.br/. Em seguida, a Secretaria de Educação entra em contato para encaminhá-los à escola onde a matrícula será efetivada.

Todas as unidades de ensino da rede municipal estão funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 13 horas, para efetivar as matrículas para o ano letivo de 2021.

Categorias
Destaque Educação Notícias

Profissionais da Educação de Cabo Frio receberão formação para o uso da ferramenta Google Sala de Aula

Os encontros virtuais e sequenciais acontecerão nos dias 12, 14 e 16 de abril

Como forma de preparar a rede municipal de Educação de Cabo Frio para o início do ano letivo de 2021, professores receberão formação para utilização da plataforma Google Sala de Aula (GSA). A ferramenta é um dos recursos de continuidade do ensino remoto, e também de implementação do ensino híbrido quando houver segurança sanitária para o retorno das atividades presenciais.

O Google Sala de Aula é um sistema de gerenciamento de conteúdo para escolas que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos. Ele já está ativo com a criação de mais de mil turmas, onde os estudantes, desde o ensino infantil até ao médio, serão inseridos para acompanhamento das atividades.

Os encontros virtuais e sequenciais ocorrerão nos dias 12, 14 e 16 de abril, e estarão disponíveis para dois representantes de cada unidade escolar, o diretor ou diretora escolar, mais um servidor de livre escolha, para que sejam posteriormente multiplicadores dos conteúdos.

Os temas abordados serão como acessar o GSA; conhecer o layout do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); criar, editar e configurar as turmas; arquivar e excluir turmas; como adicionar alunos e professores; criar tópicos; adicionar materiais; como criar uma atividade utilizando o Google Formulários e configurar a correção automática.

Os participantes serão divididos em três turmas: Anos Iniciais do Ensino Fundamental; Educação Infantil, Cenapes (Centros de Apoio Pedagógico, APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e CME e Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.
Haverá certificação para os participantes de todas as etapas.