Categorias
Destaque Notícias

NOTA

Agentes da Guarda Marítima e Ambiental percorreram na manhã desta sexta-feira (29) todas as praias do município. Não foram encontrados fragmentos de óleo.

Na quinta-feira (28), foram coletados pequenos pedaços de óleo na área certificada pelo Programa Bandeira Azul, entre as praias do Peró e Conchas. O material foi entregue à Capitania dos Portos e será encaminhado para análise do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), órgão da Marinha do Brasil.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, os fragmentos podem ser resíduos de um vazamento de óleo que ocorreu em abril e atingiu a região e que se desprenderam das pedras devido à ressaca que atinge o litoral.

A Prefeitura de Cabo Frio está tomando todas as providências necessárias e está de prontidão para que as praias não sofram danos causados pela contaminação por óleo bruto.

O monitoramento é feito diariamente por agentes da Secretaria de Meio Ambiente, Guarda Marítima e Ambiental e Comsercaf.
Representantes do Programa Bandeira Azul também fazem o monitoramento. Por se tratar de pequenos fragmentos, não há a possibilidade de contaminação. O trecho segue certificado.

De acordo com a coordenação do programa, se óleo atingir qualquer praia certificada, a bandeira deve ser baixada até que o local seja completamente limpo. A Bandeira Azul pode ficar sem ser hasteada por até 10 dias sem prejuízo para o restante da temporada.

Categorias
Destaque Notícias

NOTA

A Secretaria de Meio Ambiente informa que a mancha escura que apareceu nas areias da Praia do Forte, nesta quarta-feira (27), na altura do bairro Vila Nova, não são resíduos de óleo. Agentes da pasta e da Guarda Marítima e Ambiental estiveram no local e constataram que se trata de arenito de praia, ou seja, rochas sedimentares.

A Secretaria reforça que foi elaborado um plano de contingência e emergência, com procedimentos a serem adotados pelos órgãos envolvidos direta ou indiretamente no monitoramento e resposta caso ocorra surgimento de óleo ou fragmentos no mar ou nas praias da cidade.

As manchas de óleo já chegaram em mais de 700 localidades desde agosto deste ano no país. As primeiras placas foram encontradas na Paraíba no dia 30 de agosto. Até o momento, não se sabe a causa desse desastre ambiental.

Categorias
Destaque Fazenda Notícias

Prefeitura paga metade da dívida referente ao décimo terceiro do ano de 2016.

A Prefeitura de Cabo Frio informa que realizou o pagamento de 50% do valor referente ao décimo terceiro salário de 2016 dos servidores da saúde e da administração pública. Essa era uma reivindicação antiga da categoria, que irá receber a segunda parcela do valor devido em fevereiro. “Aos poucos estamos conseguindo liquidar as dívidas dos governos passados e colocando a prefeitura em ordem. Temos buscado recursos e trabalhado incansavelmente para honrar os compromissos que foram assumidos com os cidadãos”, declarou o prefeito Adriano Moreno

Categorias
Destaque Notícias

NOTA

A Prefeitura de Cabo Frio informa, por meio da Superintendência de Eventos, que os shows da Banda Rabuja e do cantor Diogo Nogueira, que seriam realizados hoje, dia 13, em comemoração pelo aniversário da cidade, serão cancelados em virtude de uma denúncia “anônima”, acatada pelo Ministério Público. Segundo a denúncia, o evento seria para mais de 100 mil pessoas, sem as autorizações necessárias. Entretanto, a expectativa da Prefeitura é de que o evento atinja o público máximo de 20 mil pessoas, visto que trata-se de um feriado local. A Prefeitura busca, agora, reverter a situação na justiça com a apresentação da documentação comprobatória e, assim, garantir a programação dos próximos dias. O governo lamenta profundamente o ocorrido, visto que toda a estrutura já está montada e pronta para receber a população.

Em tempo, a programação de shows prevista para noite desta quarta-feira (13), em Tamoios, também precisou ser cancelada.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Nota de Pesar

A Prefeitura de Cabo Frio decreta três dias de luto oficial e lamenta a morte de Telmo Moraes, fundador do Museu Internacional do Surf.  Ele faleceu na noite deste domingo (19), um dia após completar 66 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos, após sofrer três AVC’s (acidente vascular cerebral).  Telmo estava internado há cerca de um mês no centro de terapia intensiva (CTI) do Hospital Lourenço Jorge, no Rio de Janeiro.

 

Nascido em 18 de agosto de 1952, Telmo era um ícone do surfe carioca. Natural do Rio de Janeiro, ele morou em São Paulo, mas escolheu Cabo Frio para viver, em 1978.  Aqui, criou 4 dos seus 5 filhos e fundou o Museu Internacional do Surf. Apaixonado pelas ondas, o surfista começou o acervo na sala da casa onde morava, no bairro Peró. Em 2012 o Museu ganhou um novo espaço, na Praça da Cidadania, próximo à Praia do Forte, tornando-se um dos locais mais visitados de Cabo Frio, com cerca de 200 mil visitantes de janeiro de 2018 até hoje.

 

O corpo de Telmo será cremado em uma cerimônia reservada somente para a família, na terça-feira (21), às 18h, no crematório Memorial do Carmo, no bairro do Caju, Rio de Janeiro. No sábado (25) a família e amigos irão se reunir em uma homenagem, às 8h, na Praia do Forte, na direção do Museu do Surf.

 

–  Vamos reunir todos os amigos com suas pranchas e fazer uma homenagem para esse cara que foi incrível, no sentido real da palavra. Ele será cremado e suas cinzas serão lançadas ao mar. Não vá de preto, por favor, meu pai detestava roupa preta, vamos com muitas cores, pois ele merece ser recebido nos céus com muita festa – disse Caio Teixeira, filho do Telmo.