Representantes da Prefeitura reúnem-se com procurador da República para tratar de ordenamento na Praia do Forte

Representantes do governo municipal reuniram-se nesta sexta-feira (29) com o procurador da República Leandro Mitidieri Figueiredo, na sede da Coordenadoria-Geral de Ordem Pública, para tratar das ações referentes ao ordenamento da Praia do Forte previstas no programa MPF Praia Limpa. O encontro apresentou ainda o balanço das ações do verão.

Durante a reunião, que durou cerca de duas horas, foi feito um levantamento dos pontos positivos e negativos registrados durante o verão. O procurador do Ministério Público Federal elogiou os avanços obtidos, como a colocação de mourões em um trecho da praia, que serviu para proteger uma área ambiental que vinha sendo usada como estacionamento; a instalação de uma tenda da Coordenadoria de Posturas na Praça da Cidadania, que facilitou o trabalho do ponto de vista logístico, e a instalação de novas lixeiras na praia.

Os integrantes do governo prometeram estudar uma forma de atender às questões cobradas pelo procurador, como a restrição na circulação de carros na areia da praia; o desmonte das barracas no período noturno, a partir das 19 horas; a limpeza feita pelos donos de barracas em seus respectivos trechos e a diminuição no número de mesas colocadas na faixa de areia pelos comerciantes.

O secretário de Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo, propôs a criação de uma agenda positiva e de um grupo especial de trabalho, envolvendo o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual, para desenvolver os pontos a serem aprimorados. Ele aprovou o trabalho que foi feito durante a alta temporada.

“A reunião foi muito proveitosa. Tratamos os assuntos já abordados antes, dos pontos que foram exitosos e dos que precisarão ser adaptados. Nós nos comprometemos a configurar de forma cada vez mais harmônica a relação entre os frequentadores da praia e as pessoas que de lá tiram seu sustento, tentando fazer um ambiente mais cordato possível. E com isso o MPF tem ajudado a gente, nos orientando e cobrando as evoluções”, comentou Felipe.

O coordenador de Ordem Pública, Fábio Carvalho, informou ao procurador da República algumas estatísticas referentes à sua pasta e entregou-lhe cópias de alguns documentos. Ao fim do encontro, exibiu um vídeo institucional com imagens de ações realizadas pela Guarda Civil Municipal, pela Ronda Ostensiva Municipal (Romu), pela Guarda Marítima Ambiental e pela Defesa Civil Municipal. O planejamento para a Semana Santa, ele adianta, está quase pronto.

“Foi visto que nós avançamos, em apenas em oito meses. Imagina o que a gente não pode fazer daqui por diante. O governo está de parabéns. As secretarias e coordenadorias se uniram e fizeram acontecer. Existem falhas, é muito pouco tempo, mas superamos as expectativas. A prova disso foi o Réveillon e o Carnaval, o melhor dos últimos anos, o que foi dito por todos e comprovado estatisticamente. A Ordem Pública está no caminho. Não podemos esquecer que pegamos uma cidade com muitos problemas, em nível financeiro e estrutural, e tivemos que nos adaptar”, pondera Carvalho.

Além do procurador da República, participaram do encontro o coordenador-geral de Ordem Pública, Fábio Carvalho; o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo; o coordenador-geral de Assuntos Fundiários, Ricardo Sampaio, e representantes da Coordenadoria de Posturas e da Comsercaf.

Últimas Notícias

Sua Denúncia foi enviada com sucesso

As informações foram  enviadas para seu e-mail.