Defesa Civil de Cabo Frio declara Estado de Atenção para as próximas 48h

Equipes da Prefeitura de Cabo Frio estão nas ruas auxiliando a população atingida pelo forte vento

A Superintendência de Defesa Civil de Cabo Frio declarou, na manhã desta quinta-feira (11), Estado de Atenção para as próximas 48 horas. Até o início da tarde, 16 ocorrências foram atendidas no município. Desde a madrugada, a intensidade do vento registrada em Cabo Frio foi de 45 km/h, com rajadas de até 64 km/h. A previsão para as próximas horas é de tempo instável, com possibilidade de chuva e rajadas de vento que podem chegar a 85 km/h. Isso fez a Defesa Civil passar de Estado de Observação, declarado na manhã de quarta (10), para Estado de Atenção.

O Plano Municipal de Contingência foi acionado e as equipes da Defesa Civil e da Guarda Municipal estão nas ruas atendendo e monitorando as ocorrências, com apoio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, Comsercaf, do Corpo de Bombeiros, e da equipe de emergências da Enel. Em caso de ocorrências, a população pode ligar para os números da Defesa Civil de Cabo Frio: (22) 2647 – 0199 e o 199; ou para o 193 do Corpo de Bombeiros.

Das 16 ocorrências, oito foram de queda de árvores, sendo duas no Jacaré e as demais no Jardim Olinda, Jardim Flamboyant, Praia do Siqueira, Vila do Sol, Cajueiro e Tamoios. As outras sete foram de destelhamento e queda de placas e letreiros, sendo três no bairro Gamboa e as demais na Praia do Siqueira, Novo Portinho, Centro e Manoel Corrêa.

Devido à previsão do tempo, as atividades presenciais nas unidades escolares da rede municipal foram suspensas nesta quinta-feira (11). A expectativa é que sejam retomadas, nesta sexta-feira (12), caso haja segurança para alunos e servidores.

FIQUE SEGURO

Para a segurança de todos, a Defesa Civil Municipal recomenda à população que, na rua, no caso da ocorrência de fortes rajadas de vento, o cidadão não deve se abrigar embaixo de árvores ou de coberturas metálicas. Deve-se evitar também a prática de esportes ao ar livre, especialmente, no mar, assim como a permanência próximo a precipícios, encostas ou lugares altos sem proteção. A passagem sob cabos elétricos, outdoors, andaimes, escadas também não é recomendável, assim como estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, árvores e marquises.

O superintendente de Defesa Civil de Cabo Frio, Marcus Dothavio, também aconselhou quem ficou em casa.

“Durante a ventania, quem estiver em casa deve fechar as janelas, basculantes e portas, inclusive as de armários, para evitar canalização de ventos no interior do imóvel. Deve-se fechar também as persianas, cortinas ou blecautes, para evitar que estilhaços se espalhem, no caso de alguma janela quebrar. Os aparelhos elétricos e o registro de gás devem estar fechados. Dessa forma, não há agravamento em caso de queda de árvore. Evite deixar objetos que possam cair em locais altos. E, fique atento: se houver falta de luz, cuidado com o uso de velas para evitar incêndios”, finaliza Dothavio.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005