Categorias
Meio Ambiente Notícias

“Feira Verde Disseminar” movimenta o Horto Antonio Angelo Trindade

Exatamente 1.856 pessoas passaram, neste domingo (30), pelo Horto Municipal Antonio Angelo trindade Marques, no Portinho, para conferir a segunda edição da Feira Verde Disseminar.

Com a proposta de atrair, principalmente, o público vegano, o evento caiu nas graças de todas as vertentes nutricionais, sejam alternativas, sejam tradicionais, e agradou em cheio ao público presente.

Com palestras sobre cultivo de hortas orgânicas e a necessidade da preservação e cuidados com a água, a Feira Verde foi atração para os ambientalistas. Com propostas de troca de objetos e roupas usadas, mudas e sementes, ela também virou ponto de encontro de agricultores urbanos. E com a participação do Grupo ReCriativos, a Feira foi a válvula de escape para famílias inteiras que buscavam um lugar para se confraternizar e deixar as crianças de pé no chão e mão no barro.

Para a organizadora da atividade, Cíntia Braga, o Horto Municipal era o ingrediente (vegano) que faltava para reunir uma parte da sociedade que quase não é notada no dia a dia. “Fazíamos um almoço, em casa, com pratos veganos e trocávamos receitas e experiências, e assim surgiu a ideia da Feira Verde.  Aqui, cada um desses participantes expõe sua arte, seus conhecimentos, trocam experiências e descobrem que nosso universo não é paralelo, que estamos, de fato, inseridos na sociedade”, comemorou.

De artesão com quase um século de vida à culinária vegana, passando por produtores de mudas frutíferas, colecionadores e fabricantes e instrumentos musicais alternativo, até uma fabricante de pães caseiros com ingredientes tão naturais quanto improváveis, como a pimenta rosa e o Guriri (um coquinho da restinga que dá nome a um bairro de Cabo Frio), todos, sem exceção, garantiram presença na próxima edição.

“Na primeira Feira, vi toda a repercussão sobre o sucesso do evento. Então, não tive dúvidas em trazer meus pães e meu projeto de resgate da vegetação da restinga”, afirmou Juliana Monteiro, paulistana radicada em Cabo Frio, que faz pães de Guriri, pimenta rosa, cerveja preta e cebola roxa, entre outros, com o detalhe de que aproveita a polpa do Guriri para os pães e replanta todas as sementes depois.

Para o coordenador de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, as feiras temáticas vieram para ficar. “Essa será a grande função do Horto Municipal Antonio Angelo Trindade: o convívio social em um espaço bucólico e agradável. A partir de agora, vamos partir para uma estruturação física maior e melhor, transferindo a função de berçário de mudas para o nosso outro horto, nas proximidades do Aeroporto Internacional de Cabo Frio. Vamos tornar este espaço cada vez mais aconchegante, acessível e atraente, para todos os públicos”, garantiu.

A direção do Horto Municipal está finalizando o calendário de feiras para o mês de outubro, mas, desde já, o último domingo de cada mês fica reservado à Feira Verde Disseminar.

Categorias
Cultura Notícias

Noite de casa cheia na 66ª edição da “Série Jovens Pianistas”

A noite de sábado (29) foi de casa cheia na Casa de Cultura e Museu José de Dome, o Charitas, com público prestigiando o concerto do pianista João Elias Soares. A apresentação fez parte da 66ª edição da “Série Jovens Pianistas”, evento que tem como objetivo divulgar a música clássica em Cabo Frio e dar oportunidade para alavancar os nomes de jovens artistas no cenário musical erudito.

João Elias é graduado em piano pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e atualmente faz um aperfeiçoamento com a professora Myrian Dauelsberg. Como grande revelação pianística, ele tem se apresentado em recitais nas principais salas de concerto do Brasil, e afirma estar feliz por voltar a Cabo Frio. “É muito nostálgico voltar à cidade, pois foi aqui onde me apresentei profissionalmente pela primeira vez, há cerca de 12 anos. Estar aqui hoje foi muito bom e produtivo, porque é um público que eu já conheço, e é sempre uma alegria muito grande estar de voltar”, falou o pianista.

Além de João Elias, alunos da escola de piano do Charitas, promovida pela Secretaria de Cultura, também se apresentaram. Mesmo após 16 anos de experiência com recitais, o organizador da “Série Jovens Pianistas”, Hasenclever Oliveira, se sente realizado com o concerto da noite. “Fiquei muito feliz com o resultado da apresentação de hoje, o público compareceu e o pianista tocou maravilhosamente. Vamos prosseguir com esse projeto. Já estamos com mais três recitais programados. Enquanto o público estiver dando esse retorno pra gente, e a Secretaria de Cultura e patrocinadores continuarem nos apoiando, vamos continuar”, disse Hasenvclever.

O próximo recital da “Série Jovens Pianistas” já tem data marcada. Será no dia 27 de outubro, às 19h, na Casa de Cultura e Museu José de Dome, o Charitas. A entrada é gratuita.

Categorias
COMSERCAF Notícias

Comsercaf promove ação de conscientização ambiental na Praia do Forte e Ilha do Japonês

Neste fim de semana a Comsercaf, através da sua diretoria de educação ambiental, está atuando nas praias de Cabo Frio com uma ação de conscientização ambiental. No sábado (29) a iniciativa sobre descarte correto de resíduos e a importância de cada cidadão depositar seu lixo no local adequado, foi realizada em toda a extensão da Praia do Forte. Mais de 600 sacolas e flyers informativos foram distribuídos aos banhistas, quiosqueiros e ambulantes.

Neste domingo (30) a ação acontece na Ilha do Japonês, durante a corrida e caminhada do Km Solidário, evento com grande número de pessoas na parte da manhã, oportunidade para que a Comsercaf dissemine o slogan “A cidade mais limpa é a que menos se suja”.

Esta é mais uma das iniciativas socioambientais da autarquia, que neste mês de setembro realizou o Ecomar, ação de limpeza do Canal do Itajuru, e o abraço à orla da Praia do Siqueira. Um cronograma de atendimentos socioambientais aos bairros de Cabo Frio está sendo elaborado pela companhia e será divulgado em breve.

Categorias
Esportes Notícias

River goleia Comsercaf e fica com o título municipal de futebol amador

O River, da Gamboa, foi o grande vencedor do Campeonato Municipal de Futebol Amador, organizado pela Liga Cabofriense de Desportos (LCD). A decisão da competição, disputada na noite de sexta-feira (28), levou um grande público às arquibancadas do estádio Correão. O rubro-negro da Gamboa ficou com o título depois da vitória por 4 a 1 em cima da Comsercaf.

Em campo, o River conseguiu se impor e abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Iago e Rodriguinho. A Comsercaf diminuiu o placar no segundo tempo, com Felipe Magalhães, mas Alexsandro e Rafael deram números finais ao placar, levando o título para a Gamboa.

O prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, viu o jogo ao lado do secretário de Esporte e Lazer, Flávio Rebel, e se declarou empolgado com a qualidade da partida e com o bom público na final, mesmo com o tempo chuvoso. Dr. Adriano participou da solenidade de premiação das equipes, onde a Liga Cabofriense de Desportos aproveitou para homenagear três ex-jogadores que fizeram história no futebol da cidade: o goleiro Ayala, o lateral-direito Lauro e o atacante Badico.

Ayala entregou a Jair, do River, o troféu de melhor goleiro do campeonato. Badico premiou Felipe Lemos, do São Cristóvão, artilheiro do campeonato, com 8 gols marcados. E coube a Lauro, que teve vitoriosa passagem no Cruzeiro (MG) nas décadas de 1960 e 1970, a entrega do troféu do campeão ao River.

O Campeonato Municipal de Futebol Amador tem o apoio da Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. A Liga Cabofriense de Desportos segue realizando o campeonato de masters (o “Cinquentão”) e o das categorias de base.

Categorias
Meio Ambiente Notícias

Reunião discute formação do Conselho Gestor do Parque Natural Municipal do Mico-Leão-Dourado

A primeira reunião para a formação do Conselho Gestor do Parque Municipal Natural do Mico-Leão-Dourado, realizada na manhã deste sábado (29), no Ginásio Poliesportivo de Tamoios, segundo distrito de Cabo Frio, reuniu mais de uma dezena de entidades. Estiveram presentes a subprefeita de Tamoios, Tamires Carneiro, representantes da Asaerla, Consórcio Intermunicipal Bacia Lagos São João, Ordem dos Advogados do Brasil, Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Embrapa, Grupo Minerale, Grupo Tosana, Prolagos, Guarda Marítima e Ambiental, Associações de Moradores do distrito, Casa do Artesanato de Tamoios, Federação do Terceiro Setor, Associação de Pescadores de Tamoios, entre outros.

O Ministério do Meio Ambiente determina que toda Unidade de Conservação deve ter um conselho gestor, que tem como função auxiliar na sua gestão, e integrá-la à população e às ações realizadas em seu entorno. O conselho gestor deve ter a representação de órgãos públicos, tanto da área ambiental como de áreas afins (pesquisa científica, educação, cultura, turismo, paisagem, arquitetura, arqueologia e assentamentos agrícolas), e da sociedade civil através da população residente e do entorno, população tradicional, proprietários de imóveis no interior da unidade, trabalhadores e setores privados além de comunidade científica e organizações não-governamentais, todos com atuação comprovada na região.

“Após a criação do Conselho, procede-se com a etapa de formalização. Uma lista de documentos é confeccionada e incluída nesta etapa, como o ofício de aceite das instituições interessadas em participar, cópia do CPF e RG dos representantes indicados pela comunidade, descrição dos objetivos da instituição compatíveis com os objetivos da Unidade de Conservação, cópia da ata e registro da fundação da instituição; e ata de reunião de posse da atual diretoria (para instituições não governamentais)”, explicou o coordenador de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento, Mario Flavio Moreira, salientando que, a partir da criação do Conselho Gestor, ficará mais fácil que a ações ambientais e a reabertura oficial do Parque sejam implantados. 

Criado em 1997, o Parque é uma unidade de proteção integral, dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) da Bacia do Rio São João, que tem por objetivo a defesa dos últimos remanescentes florestais do bioma Mata Atlântica. Além de promover pesquisas científicas, o local também é destinado à educação ambiental e ao turismo ecológico. 

Em agosto deste ano, a Coordenadoria de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento tomou posse da sede do Parque. A retomada da unidade, que estava fechada, foi definida em função do crescente aparecimento de famílias inteiras de micos leões dourados durante as ações de fiscalização ambiental e fundiária. 

“Como a área vem sendo alvo de constantes invasões e parcelamento ilegal, nossos fiscais, juntamente com os agentes ambientais, estão sempre em ronda pelo local e notaram que o número de micos vem crescendo. Para nós, fiscais fundiários, é uma alegria saber que nosso trabalho também ajuda na preservação de uma espécie em extinção”, afirmou Ricardo Sampaio, coordenador de Assuntos Fundiários. Uma nova reunião foi marcada para dar prosseguimento aos trâmites e à formalização do Conselho Gestor.

Categorias
COMSERCAF Notícias

Equipes da Comsercaf realizam manutenção em vários pontos da cidade esta semana

A Comsercaf realizou esta semana manutenção nos bairros de Maria Joaquina, Portinho e Centro. Os serviços realizados foram pintura, varrição, capina, limpeza de ralos, limpeza e poda de árvores. Por conta da chuva alguns serviços serão retomados na próxima semana. A operação faz parte do calendário de ações da Companhia.

A Praça Benedito Antônio, em Maria Joaquina, recebeu nesta sexta-feira (28) os serviços de pintura da Comsercaf. O trabalho, que foi interrompido por conta das chuvas e será retomado na próxima semana, faz parte da ação de manutenção das praças do bairro promovida pela autarquia, que teve início na terça-feira (25). A Praça do Alto da Rasa e a Praça João Guelo já receberam esse serviço esta semana. Além da pintura, a roçagem também faz parte da operação. A manutenção está sendo executadas por oito servidores da Companhia com o auxílio de duas roçadeiras manuais.

Também nesta sexta (28) os servidores realizaram os serviços de varrição, roçagem, capina, retirada de lixos, limpeza de ralos e podas de galhos na Avenida Henrique Terra, no Portinho, em direção ao Shopping Park Lagos. O mesmo trabalho foi feito na Avenida Assunção, em direção a Praia do Forte. A Secretaria de Saúde e o Posto de Assistência Médica (PAM)  receberam poda de árvores, um pé de cajá e um flamboyant, respectivamente. Para a execução dessas ações foram utilizados um caminhão muqui, um graneleiro para remoção dos galhos,e um trator para remover os cortes de troncos das árvores.

Categorias
Destaque Governo Notícias

Prefeitura de Cabo Frio apresenta relatório de execução orçamentária de 2018

A Prefeitura de Cabo Frio, através da Secretaria de Fazenda e da Controladoria Geral, apresentou durante a segunda audiência pública, na manhã desta sexta-feira (28), no plenário da Câmara de Vereadores, o relatório resumido da execução orçamentária referente ao quarto bimestre e segundo quadrimestre de 2018.

A prestação de contas teve como objetivo demonstrar e avaliar a execução orçamentária e o cumprimento das metas fiscais, tanto para a Câmara de Vereadores como para a sociedade civil. A apresentação é também uma determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Já foi repassado ao Legislativo o montante de R$ 13.274.880,00 e o valor de R$ 6.678.124,53 vai ser repassados no 3º quadrimestre de 2018.

 

Nas despesas, importante ressaltar que o gasto com pessoal ainda continua acima do limite legal  que é 54% , pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O município atingiu uma aplicação de 16% nos gastos na manutenção das ações de saúde pública e 24,92% dos impostos e transferências constitucionais, aplicados na manutenção e desenvolvimento do ensino.

Na dívida pública, o saldo de restos a pagar, até o exercício de 2016, foi de R$ 370.594.045,10 e no exercício de 2017, de R$ 9.359.486,30.  O saldo dos precatórios judiciais não pagos nas inscrições do exercício de 2005 a 2016 foi de R$ 137.971.606,09 e no exercício de 2017 foi de R$3.035.857,96. A dívida, a longo prazo, com a Receita Federal não previdenciário (PASEP) foi de R$ 18.207.849,85 e previdenciária (INSS), R$ 490.359.626,36.

A explanação foi feita pelo secretário-adjunto da Secretaria de Fazenda, Paulo César Souza, e acompanhada pelos secretários Antonio Carlos Nascimento Vieira (Fazenda), Alberto Corrêa e Castro (Controladoria Geral), Elicéa da Silveira (Administração), José Bulcão Filho (Obras), Marcelo Cardoso (Mobilidade Urbana), além de técnicos destas secretarias.

Na apresentação, os secretários da Fazenda e da Controladoria mostraram que o município está em busca da recuperação da crise financeira. Antônio Carlos, enfatizou que a maior preocupação neste momento do governo é evitar o bloqueio das contas da Prefeitura, como o que ocorreu na semana passada, quando mais de R$ 5 milhões foram bloqueados pela Justiça por não pagamento de precatórios.

“Vale ressaltar que o total da dívida com precatórios é de cerca de R$ 140 milhões. O Tribunal de Justiça determinou que, por ano, a Prefeitura tem que pagar R$ 33 milhões em precatórios, mas a realidade é de dificuldade em cumprir essas determinações. A gente quer pagar os funcionários em dia, que é nossa obrigação e compromisso do prefeito, Dr. Adriano, que quer se enquadrar dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas esses bloqueios judiciais estão prejudicando muito o nosso fluxo de caixa”, alertou o secretário.

O controlador geral, Alberto Corrêa, foi otimista e colocou para os presentes que o governo tem consciência de que ainda tem muita coisa para ser ajustada, mas a expectativa é que 2019 seja um ano mais tranquilo, com as contas regularizadas. “Como vem afirmando o nosso prefeito, Dr. Adriano Moreno, trabalharemos  incessantemente para colocar Cabo Frio no caminho certo. Vamos juntos olhar para futuro e vislumbrar um amanhã mais digno para a população”, destacou.

Categorias
Educação Notícias

Professores do Curso de Formação em Geologia identificam riquezas naturais e culturais da região

O Curso de Formação em Geologia Geral, oferecido pela Secretaria Municipal de Educação (Seme) em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), foi concluído na quinta-feira (27), com a realização de aulas de campo em cenários estratégicos, como Morro da Guia, Boca da Barra, Dunas do Peró e Mangue de Pedra, em Búzios. Os locais foram selecionados pela relevância geológica, que explicam a formação de vários ecossistemas da região.

A capacitação teórica teve duração de dois dias e aconteceu na Escola Municipal Agricola Nilo Batista, numa parceria com a Coordenação de Formação Continuada da pasta. Além disso, teve um de estudo de campo, com a participação de 14 professores de dez escolas da rede municipal de ensino e dois do Estado, sendo 90% de professores formados em Geografia. Os docentes foram orientados pelas professoras de Geologia da UFRJ, Cícera Neysi de Almeida e Kátia leite Mansur, diretora do Museu da Geodiversidade e membro da coordenação do Projeto Caminhos de Darwin, que atende a Escola Municipal Agrícola Nilo Batista.

Segundo a professora de Biologia, Coordenadora de Educação Ambiental e responsável pela Sala Verde Mico-leão-dourado, Krystina Célia da Silva Correia, o estudo da biodiversidade é fundamental em uma região com tantas riquezas naturais. “Ontem visitamos pontos de alta relevância geológica que só tem aqui. Vimos a importância do aquífero que tem embaixo das rochas porosas, que guardam a quantidade de água necessária. Vimos a importância da permanência daquele ecossistema, porque se vem alguém e coloca um condomínio ali em cima, toda a dinâmica desse ambiente das Dunas será perdida. Também tivemos contato com formações vulcânicas e, na região da Boca da Barra, com rochas de dois bilhões de anos. No Parque das Dunas do Peró, observamos formações recentes de minerais”, contou a professora.

Também foram observados muitos sambaquis na região (imensas montanhas erguidas na pré-história pelos povos que habitaram o litoral brasileiro). “No Morro da Guia temos muitas conchas, rochas rachadas, com evidências de que ali existiu uma comunidade que amolava facas, que se alimentavam lá”, observou a coordenadora. O curso de formação impacta diretamente no ensino dos alunos já que, com os novos conhecimentos adquiridos, os educadores podem compartilhá-los com os estudantes e desenvolver novos projetos de pesquisa na rede, assim como trabalhar pela preservação das riquezas naturais, culturais e históricas da região.

O Curso de Geologia surgiu da necessidade de formação para a pesquisa dos jovens talentos dos Caminhos de Darwin (UFRJ), alunos pesquisadores da Nilo Batista e bolsistas de pré-iniciação científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). Os estudantes fazem coleta de material biótico e abiótico, como insetos, plantas e minerais, seguindo os mesmos caminhos de Charles Darwin. A pesquisa inclui visitações aos quilombos da região, a fim de entrevistar os membros mais velhos, resgatando culturas e conhecendo os saberes ancestrais desses povos, como por exemplo, o uso de plantas medicinais presentes na natureza do entorno das comunidades quilombolas.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Secretaria de Cultura convida membros para reunião do Conselho de Cultura

A Secretaria de Cultura convida os conselheiros para reunião do Conselho Municipal de Cultura, na próxima segunda (01), às 18h, na Casa de Cultura e Museu José de Dome, o Charitas.

O objetivo do encontro é esclarecer dúvidas acerca da composição do Conselho que está em fase final de formação e apresentar as nova Secretária de Cultura, Meri Damaceno, e Subsecretária de Cultura, Heliamar dos Santos Reis.

O Conselho Municipal de Cultura é um órgão formado por representantes do poder público e da sociedade civil. Ele tem caráter deliberativo e consultivo, e foi criado com o objetivo de garantir a participação social.

Os membros do Conselho podem exercer fiscalização e controle sobre as ações públicas, sobre os planos e orçamentos ligados à gestão da Cultura do município. Os membros que trabalham na prefeitura são indicados pelo governo municipal. Já os integrantes da sociedade civil são eleitos, democraticamente, por meio de votação representativa. O mandato dos representantes tem dois anos de duração e é permitida uma reeleição.

 

Categorias
Assistência Social Destaque Notícias

Assistência Social participará da abertura da campanha “Outubro Rosa” nesta segunda (1)

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) irá participar nesta segunda-feira (1) da abertura da campanha de conscientização “Outubro”. O evento, organizado pela  Associação Amigos da Mama (AAMA), acontecerá na Praça Porto Rocha, a partir das 9h. Durante a ação, profissionais da Secretaria estarão ofertando serviços gratuitos à população, com atendimentos de psicólogos e assistentes sociais da Coordenadoria-Geral dos Direitos da Mulher (Cogedim) e do Departamento de Proteção Social Especial (Depse).

Para a secretária de Assistência Social, Marta Maria da Silva Bastos, a participação de órgãos públicos em ações dessa natureza é importante para a população:

“Aceitamos de imediato o convite da presidente Ângela Toledo. A Associação Amigas da Mama realiza um trabalho relevante de apoio à pessoa com câncer, e nós da Assistência Social também estamos engajados nesta causa”, disse a secretária destacando ainda que a pasta trata desse assunto através dos serviços prestados pelos técnicos às pessoas em vulnerabilidade provocada por doenças como o câncer. “Como estamos trilhando no mesmo caminho, é importante fazermos isso de mãos dadas porque juntos temos melhores condições de atender e fortalecer as pessoas que precisam do nosso apoio”, destacou Marta.

Além da participação com serviços técnicos na abertura da campanha, a Secretaria desenvolverá, ao longo de outubro, atividades de prevenção e reflexão em seus equipamentos. Estão planejadas ações de conscientização e motivação para as mulheres, através de palestras nos Cras e em outras unidades.

Sobre “Outubro Rosa”

A campanha de conscientização tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero. O movimento teve início nos Estados Unidos em 1990, quando a Fundação Susan G. Komen for the cure promoveu a primeira Corrida pela Cura na cidade de Nova Iorque. Todas as pessoas que participaram da corrida usaram um laço rosa na altura do peito. A partir de então, a corrida passou a acontecer normalmente todos os anos, até que, em 1997, outras cidades do país aderiram à campanha. Foi assim que outubro ficou conhecido como o mês de conscientização contra o câncer de mama e deram o nome de “Outubro Rosa” ao movimento.

No Brasil a campanha começou no ano de 2002, quando o Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também conhecido como Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, ficou iluminado de rosa durante o mês. A iniciativa foi de um grupo formado por mulheres que queriam trazer o movimento para o país. Depois do ato, diversos monumentos como a Fortaleza da Barra, em São Paulo; o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, dentre outros, foram iluminados de rosa ampliando as ações do movimento e fortalecendo a campanha “Outubro Rosa” no Brasil.

 

Categorias
Notícias Obras

Secretaria de Obras chega a diversos bairros da cidade com tapa-buracos, trocas de manilhas e tampas de ralos

A secretaria de Obras está realizando uma série de serviços em diversos bairros da cidade ao longo da semana. Entre os trabalhos mais executados estão as trocas de manilhas, substituição de tampas de ralos e tapa-buracos. Para dar maior agilidade ao trabalho a Secretaria de Obras designou diversas equipes que trabalham simultaneamente em pontos distintos da cidade.

Desde o início da semana, cerca de 20 ruas já foram contempladas com os serviços. No bairro Praia do Siqueira, a Rua Lincoln Garcia recebeu troca de manilhas. O serviço também foi feito na Rua Redentor e na Avenida Central no bairro Jardim Excelsior. O trabalho continuou na Rua Curitiba, uma das principais do Jardim Olinda.

No Centro da cidade, a prefeitura fez a reconstrução de ralos na Rua Professora Ismar Gomes Azevedo. Também foram beneficiadas as ruas Visconde de Ouro Branco, em são Cristóvão e Finlândia, no Jardim Caiçara. Na Avenida Julia Kubitschek, no Centro, foi consertado um ralo que afundou na frente de um ponto de ônibus e estava prejudicando pedestres.

A Secretaria de Obras possibilita ao cidadão cabo-friense solicitar o serviço na rua onde mora. Para isto basta ir até à Secretaria, localizada na Rua Florisbela Rosa da Penha, no Braga, e preencher um formulário. Uma equipe da engenharia vai até o local, avalia o serviço e marca a data para a execução. O objetivo da é dar mais agilidade ao trabalho, para que até o final do ano todos os bairros da cidade recebam algum tipo de serviço.

Categorias
Destaque Notícias Turismo

Parcerias ajudam a vender Cabo Frio como destino turístico

Uma parceria entre o Ministério do Turismo (MTur), a TurisRio e a Secretaria Municipal de Turismo ajudou a divulgar Cabo Frio como destino turístico numa das maiores e mais tradicionais feiras internacionais de Turismo do Brasil, a ABAV, que este ano chegou em sua 46ª edição, reunindo milhares de participantes entre agências de viagens, guias de turismo e profissionais do setor no Anhembi, em São Paulo. Realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens, a feira foi oficialmente aberta na quarta-feira (26) e termina nesta sexta-feira (28).

No estande do MTur a turismóloga e Superintendente da Secretaria de Turismo, Luane Ferreira, mostrou ao público as belezas e atrações de Cabo Frio através de vídeos e folheterias institucionais. Junto com ela, o Cabo Frio Airport apresentou a nova estrutura de atendimento do aeroporto internacional da cidade, e a Azul Linhas Aéreas capacitou as operadoras sobre os novos voos e atendimento aos usuários sobre compras de passagens aéreas para Cabo Frio.

“Além destas ações na ABAV, no final de outubro teremos outras em Campinas e Belo Horizonte, desta vez numa parceria com o Cabo Frio Airport, Azul Linhas Aéreas, Sebrae e o Convention Bureau. O objetivo é atrair turistas para Cabo Frio o ano todo, e não somente no verão. Desta forma conseguiremos que o aeroporto mantenha uma escala de voos regulares também na baixa temporada, beneficiando ainda mais nosso turismo e também as cidades vizinhas”, explicou Luane.

Inaugurado em 1998, o aeroporto de Cabo Frio possui uma infraestrutura em linha com que o que há de mais atual, capacitando-o a receber os maiores cargueiros do mundo. Tem a segunda maior pista do Estado do Rio de Janeiro (2.550m x 45m) e uma das mais seguras do país, onde operam regularmente Boeings 747, 767 e 777, MD-11, DC-10, DC-8, Ilyushin-76 e Antonov-124, entre outros. É, também, o primeiro aeroporto público com gestão privada no Brasil, e o único do país a operar, de forma integrada, os modais portuário, rodoviário e aéreo.

Com voos regulares às sextas, sábados e domingos operados pela Azul Linhas Aéreas, o Cabo Frio Airport receberá, a partir de dezembro, outros 18 voos semanais, sendo 14 vindos do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins (Belo Horizonte), dois do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (São Paulo) e dois do Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, em Buenos Aires (Argentina).

 

Categorias
Destaque Turismo

Outubro Rosa vai iluminar pontos turísticos de Cabo Frio

Durante o mês de outubro, vários pontos turísticos de Cabo Frio estarão iluminados na cor rosa em apoio à campanha de conscientização contra o câncer de mama. A ação será realizada em parceria pela Secretaria de Turismo e pela Comsercaf, que já iniciou a instalação das lâmpadas coloridas. A expectativa é de que até sábado (29) a nova iluminação já esteja instalada.

Segundo o presidente da Comsercaf, Luiz Claudio Gama, o trabalho está sendo realizado com apoio da empresa Hashimoto, responsável pela manutenção da iluminação pública no município. O serviço já foi concluído nas pontes Feliciano Sodré e Márcio Corrêa, no Convento Nossa Senhora dos Anjos, na capela do Morro da Guia e na Fonte do Itajuru. Também serão iluminados o Forte São Mateus, o Teatro Municipal de Cabo Frio, a Igreja de São Benedito, a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção e o monumento do Anjo Caído, no Canal do Itajuru.

A parceria entre a Secretaria de Turismo e a Comsercaf foi oficializada esta semana, em reunião na sede da autarquia, e além de Luiz Claudio, contou com a presença de Eliane Ribeiro (representando o Turismo), Diego Fernandes e Luiz Oliveira (Hashimoto),

Vânia Lima (chefe de Gabinete da Comsercaf) e de Carlos Alberto e Angela Toledo (respectivamente, diretor financeiro e presidente da Associação das Amigas da Mama).

Para o secretário de Turismo de Cabo Frio, Radamés Muniz, “a conscientização para a prevenção ao câncer de mama é fundamental porque trata-se de uma doença silenciosa e que atinge homens e mulheres, independente de raça, religião, idade ou condição financeira, e se a inclusão de pontos turísticos nesta campanha puder ajudar a uma pessoa que seja, já terá valido à pena”. O presidente da Comsercaf reforçou o apoio: “Através da iluminação temática nos pontos turísticos daremos visibilidade à campanha, despertando a população para a conscientização da prevenção”.